quarta-feira, 15 de junho de 2011

Steins;Gate #11 - Dogma of Time and Event horizon


Tutturuuu~! Olá á todos, confesso que estou aqui uma preguiça monstro e esse frio não me deixa com muita vontade de digitar (mesmo usando luvinhas, meus dedos estão congelados nesse frio). Mas este foi mais um episódio daqueles “meio mindfuks” e um dos mais sérios de todo o anime. Apesar da narrativa mais lenta, se mostrou bem instigante com uma atmosfera mais tensa, introduzindo mais alguns pontos de interrogações e mais alguns eventos que ao que tudo indica, levarão á mais um clímax no próximo episódio, além do claro salto no tempo que o enredo sofre.




E os minutos iniciais já começou empolgando, com um dialogo meio maluco entre Okarin e Suzuha, que logo na seqüência ficou bem claro do que se tratava. Suzuha é uma personagem muito bacana, gosto muito dela e esse seu lado misterioso. Logo tudo começa a tremer e uma chave de fendas cai no controle remoto da tv do Mr. Braun, ela desliga e o tremor cessa. WOW! Isso é realmente interessante e pra deixar a todos mais ansiosos ainda, entra a OP pra dar aquele clima básico de suspense e... bom, a seqüência é um pouco preocupante. Okarin descobre que a tv funciona como um lifter, que levando em conta a referência usada por Kurisu, basicamente quer dizer força causadora, dispositivo que gera um impulso. A tv é como se fosse um interruptor para o microondas celular. Acredito eu, que até ai tudo bem, mas como não deixaram claro como se dá a ligação entre ambos os eletrônicos, fica um buraco inconsistente na trama - assim como já ocorreu algumas vezes – que se não for explicado depois, não fará muito sentido no contexto geral. Mas o fato da tv estar ligada ao microondas, como disse a Kurisu, faz sentido. Eles já falharam algumas vezes, como nos episódios 5/6, com okarin supondo que os D-mails deveriam ser enviados durante um intervalo de tempo determinado. Então, descobrimos neste episódio que era preciso que a tv do Mr. Braun estivesse ligada, o que corresponde com tudo o que vemos.


Uma coisa que gostei bastante foi que enfim a Kurisu pôde mostrar porque é doutora em Ciência Neural, já tendo ganhado vários prêmios. Por mais loca que possa parecer sua idéia de mandar as memórias de volta ao passado, cabendo assim em um arquivo de 36 bytes. O que evitaria o ocorrido nas experiências da SERN e todos poderiam manter suas atuais memórias, uma vez que só Okarin tem essa habilidade.


Acho que algumas pessoas tem representatividade no anime através da Mayuri, que não entende – na maioria das vezes – os diálogos científicos entre Okarin e Kurisu, tendo ele que explicar de uma forma menos complicada tudo que já foi dito anteriormente. Acho esse recurso muito útil. Enquanto os dois providenciam tudo que é necessário para a experiência, mais um encontro com Suzuha, que solta de modo furtivo que Kurisu faz parte da SERN, dando a entender que ela é uma espiã. Isso é muito divertido e um dos motivos de eu adorar histórias com mistérios, onde se misturam pistas faltas com verdadeiras , deixando o publico completamente perdido. Afinal, qual o motivo de todo esse rancor de Suzuha com a Kurisu e até onde ela está inocente nesta história toda?


De qualquer forma, Okarin parece confiar plenamente na assistente, mas acaba descobrindo seu passa-tempo secreto e prova definitiva que ela é uma 2channeler. Piadinhas internas que mesmo para muitos otakus não querem dizer nada (e os deixam se entender a “piada”), que dirá para pessoas “normais” entender o que é @channel na realidade do anime. Este foi um momento bem descontraído, assim como a discussão acalorada entre eles sobre o pudim da Kurisu (oras, ela está muito certa, eu também viro o cão chupando manga quando comem meus danoninhos que deixo congelando no freezer), mas que até a Mayuri percebe que uma “briga” típica que reflete a tensão sexual que rola ali. O clima entre os dois é sempre muito agradável e ela desabafando com ele foi tocante. Agora que ficou claro a relação conturbada entre ela e seu pai, gostaria de momentos mais sérios assim com a Mayuri, que também não é muito feliz neste sentido, mas tudo ao seu tempo.


Mas, sem duvidas, a seqüência mais alucinante do episódio foi quando Okarin recebe mais uma ameaça. A cena foi perfeita e retratou todo o temor que Okarin sentiu, principalmente com relação a Mayuri, o que mostra o grande carinho que ele sente por ela, que ao contrário de muitos, eu vejo muito mais pelo lado fraternal, com ele á vendo como parte de sua família (ou esta preocupação dele com ela, é dúbia demais e pode significar algo mais obscuro?). Tecnicamente, foi maravilhosa esta seqüência e que lembra algumas obras de grandes artistas como Makoto Shinkai, mas fica ainda mais evidente a semelhança com o clipe Take On Me da banda A-HÁ. A feição no rosto de Okarin foi de puro pânico e cena com um suspense trágico pairando no ar, mas ele mantém segredo. Foi tão exaltada a reação dele que mesmo a cena fanservice (yuri Field!!!) com Kurisu e Mayuri tomando banho juntas – para a noite do pijama - teve lá um tão grande impacto. Gostei de não ter sido tão descarada (é, eu sei que os garotos queriam mais hehehe) como na VN e a Mayuri desiludida com Okarin, ao meu ver foi hilário: “Okarin, a Mayuri está muito triste e envergonhada”. WOW, manda ver Kana Hanazawa.


E novamente a mitologia nórdica entra em cena, com Okarin usando o nome da deusa Beldandi (Verdandi) em mais um experimento. Ela que é a deusa que rege o presente. Ainda tivemos alusão a deusa Urd, que a do passado, mas esta fazendo parte da mitologia Viking. Episódio excelente e que deixa as expectativas realmente altas para o próximo e toda sua glória em um clímax magistral. Mas claro, as coisas podem não vir como o esperado, mas é uma continuação direta de todos os eventos deste episódio. O fato da SERN estar tão perto mais ao mesmo tempo tão longe, leva á alguns questionamentos. Pense ai. A seguir; Dogma of the Static Limit, não nos decepcione.


Preview episódio #12

7 comentários :

julio pq disse...

Tutturu ~ Roberta

Enviar 36 bytes em forma de memoria? Quero só ver isso.
E teve uma foto de uma cabeça decapitada de uma boneca coberta de sangue. Enquanto a última foto foi uma gelatina vermelha servindo como um sinal de alerta, esse quadro significa um negócio sério. É basicamente isso: "Você está morto!"

Alyne disse...

Como você consegue extrair da memória humana, sem realmente espetar uma agulha em seu cérebro?
Isso não entra na minha cabeça e pior, vão enviar essas memorias ao passado. Eu também não entendi bulhufas do pq a tv faz o microondas funcionar. WTF?

Slam Dunk disse...

Ao meu ver, o espião está infiltrado ali no meio dos amigos do Okabe. Ser a Kurisu seria muito na cara e o mesmo eu digo pra Moeka. Também olhando pra Suzuha não consigo ver nela nenhum traço ambiguo. As pessoas que eu desconfio é a Ferris e o Daru, são os menos óbvios ao meu ver.

Aquela cena dele no quatinho la com tudo escuro, juro pra vocÊs que eu estava esperando o pior kkkkkkkkkkkk mas acho que algo de muito ruim ainda irá acontecer.

Moranguinha disse...

Eu fiquei com a impressão que a o aviso sobre a boneca ensanguentada era mais sobre a Kurisu-sama. Repare pela cor do cabelo. Eu achie meio estranho ele se preocupar só com a Mayushi.

E Take on Meeeee, AMV com a cena do episódio http://youtu.be/EI2yXdQ7vQQ

Dools Me disse...

Segue bem, com a popularidade cada vez mais alta entre os otakus. Só é extremamente desnecessário o fato de jogarem acontecimentos assim, como se fosse nada na tela. Isso confunde um pouco e há coisas que não tem necessidade alguma de ficar adianta pra dar a resposta. Se bem, que dúvido um pouco que irão voltar no assunto do IBN e o televisor, uma vez que isso já não é mais o foco. Se tiver de acontecer, será no próximo, onde a merda toda será jogada no ventilador e a primeira reviravolta vai acontecer. Chega logo semana que vem *-*

Anônimo disse...

A Moeka é uma possível espiã da SERN ou é só eu que acho isso? Se bem que está meio na cara, já que ela se interessa mais do que o normal nesses experimentos...

Bassi disse...

Ahahah tomei vergonha na cara e assiti todos os epis que tem até o momento de uma vez só XD
Adoro esse tipo de historia, que pegam fundamentos presentes na realidade e montam uma historia toda encima disso, é o melhor tipo de ficção científica =D
E abordaram logo um tema que eu sou entusiasta, a física, a relação tempo e espaço... e da pra ver que o autor pesquisou e muito, tomou muito cuidado pra não cometer gafes... Inclusive ele foi bem cuidadoso em ques~toa de copyrights na hora de citar nomes, como o IBN no lugar de IBM (sim, esse computador realmente foi fabricado, pra quem ainda não entendeu XD); o site 4chan.org, quando falam do tal @channel... até as cores temas dele aparecem iguais quando a Kurisu o acessa UHAEEHUEHUE

É isso, mais um ansioso pro proximo episódio!

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.