quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Kamisama Dolls: Bonecos & Fanta Uva



E chegou ao fim ontem, Kamisama Dolls, um anime com “bonecos” que são controlados pela mente humana. Mas será que alguém percebeu que o anime existe e chegou ao final? Fato é que Kamisama Dolls nunca foi um anime muito badalado, aliás, nem mesmo o mangá de autoria de Yamamura Hajime, é. A história não é incrível e de longe a excelente trilha sonora é a que mais se destaca, Chiaki Ishikawa imperou completamente nesse aspecto. O segredo de Kamisama Dolls está em sua simpatia e na forma como o enredo é conduzido, partindo de uma premissa simples, com toques de ação/lutas, romance, comédia, humor e drama.


Momento de tensão
Temos ai como cenário de fundo, uma vila com moradores intransigentes e regras a serem seguidas, um misterioso acontecimento que mudou a vida dos personagens e um psicopata que promete agitar a trama. Kyouhei que se muda para Tóquio, deixando para trás um passado nada agradável como “saki”, que são aquelas pessoas que controlam os “kakashis”, que muita gente se acostumou a chamar de “bonecos”. Ele só não esperava que fosse ser perseguido pelo seu passado, falo do seu velho amigo de infância, Aki, que é inicialmente o pressuposto vilão da história, que até então estava preso na vila, por ter cometido uma chacina. O que acaba fazendo que outros moradores do vilarejo venham até a cidade, para resolver o assunto, como é o caso da irmã de Kyouhei, Utao e seu kukuri.

Uma cena muito bonita, entre os dois irmãos

A fórmula é bem simples, assim como também os personagens. Kyouhei, apesar do estilo comum de garoto em anime shounen, consegue ser razoavelmente legal e verossímil. Fato que fica evidente com sua paixão por Hibino, a “mocinha” da história, que se destaca mais por suas duas grandes melancias (aquilo não é normal, é quase uma mutação genética - inveja), mas que se mostra uma personagem com certa personalidade no decorrer da história. Utao e seu complexo pelo irmão mais velho é um elemento e tanto para descambar para o fansevice siscom barato, mas ficou muito natural. O amor incondicional e seu enorme ciúme por Kyouhei se mostra de forma comum, como toda criança que alguma vez já sentiu o coração apertar por uma pessoa adulta. O carinho entre os irmãos não foi banalizado e nem teve outra conotação, e isso, somando o fato que a série nunca se prende ao fanservice (apesar de haver - em pequenas doses), é algo a se destacar. Por outro lado, Aki, o anti-herói da história, se mostra menos carismático do que poderia vir a ser. Como personagem “perturbado” ele não convence, mas tem o melhor background entre todos os personagens. E talvez, o fato dos personagens serem tão legais, mesmo sendo arquétipos tão rasos, seja o fato de fugirem do lugar comum que as tramas shounens se colocaram e o fato de Kamisama Dollls ser uma adaptação de um mangá seinen, a perspectiva já é um pouco diferente, partindo da visão de personagens já "adultos".

Aki e Kyouhei - Aquela coisa de amigos e rivais

E por mais que os personagens ali não sejam tão profundos ou extremamente carismáticos, são sem dúvidas o maior mérito de Kamisama Dolls, que se apoia mais que o normal neles para contar sua história. É uma trama que se desenvolve de forma urbana, mas que consegue ir de encontra agradavelmente a suas origens, contando a história dos personagens na pequena zona rural onde fica localizado o vilarejo, com vários recortes temporais na história, contando passado e presente de forma linear - e os flashbacks funcionam bem como fator para instigar o espectador. Kamisama Dolls termina sem um "final" e com um aviso de que a história continua, que possivelmente virá em outra temporada ou especiais. E mesmo que não venha, não compromete de forma alguma, já que a trama que o anime se propôs a trabalhar, chegou a seu fim de forma altamente satisfatória. O mangá está atualmente com seus nove volumes publicados, há muita história pela frente e se vier outra temporada, será mais do que bem vinda. 

Só pra não perder o costume de sempre ter uma imagem 'xxx' e eu sei que vocês gostam

Este não é aquele anime de surtos enlouquecedores, com altos mindfuks na trama, mas que tem uma boa execução e com algumas reviravoltas excelentes. Kamisama Dolls tem uma das cenas mais bem retratadas e maduras que já pude ver em um anime assim, que envolve questão de estupros, sem ser de uma forma puramente sensacionalista. O character designer também estava excelente e emulou muito bem a arte do mangá, com várias expressões bacanas, em especial as que mais curto, que são as de horror e medo. Não se trata de um anime de ação desenfreada ou forte suspense, mas se desenvolve bem, apesar de que seu ritmo cadenciado pode não ser do agrado de quem gosta de tramas mais movimentadas. Mas para quem procura algo despretensioso pra passar o tempo, com uma boa história e num ritmo agradável, Kamisama Dolls entrega bem o que promete e é uma boa opção. Valeu a pena acompanhar e para os que acham que tudo tem de ser 8 ou 80, experimentar uma Fanta Uva as vezes pode ser uma experiência gostosíssima. 


13 comentários :

Kyohei disse...

Só pra constar: as dolls não são "kukuris", e sim kakashis, kukuri seria o kakashi da(o) Utao/Kyohei.
Bom acho que vc já percebeu que eu adorei o anime, cada expressão feita no rosto dos personagens mexia comigo, e consegui de uma maneira clara me identificar com o protagonista.Não há rivalidade, entre Aki e Kyohei, como vc diz, apenas uma amizade longa, que sempre como efeito causa alguns conflitos e ideais diferentes, mas não rivalidade(?!). E os flashbacks retratando a história de Kyohei são fantásticos mostra o pavor e a loucura de uma pessoa que controla um grande poder, no caso os kakashis. Admirei muito o traço da história mesmo sendo simplório, trilha sonora como vc disse excelente.
Fanta uva? Que nada isso é coca cola.

Matheus-Kuchiki disse...

esse anime foi o melhor da temporada, o inicio foi meio parado, mas conforme foi mostrando os flashbacks as coisas foram tomando um sentido, foi um anime bem fluido sem muita apelação, aquela cena em que o kyohei tava segurando a mahiro e o aki foi muito boa, e no final do anime mostrando ele como seki do kukuri na frente do amaterasu com uma cara de psicopata foi muito bom, espero que tenha uma segunda temporada

julio pq disse...

Eu não esperava muito de Kamisama Dolls, mas se revelou um anime e tanto. Vibrei com força nesses episódios finais. A cena do beijo foi muito boa, achei que você ia mencionar no post

2DXD disse...

Começou bem, se manteve bem, mais pro final pura loucura XD, o ep onde ocorre a luta contra o monstro foi magnifico, já a tensão deixada qndo ele é acertado na cabeça e o kukuri começa a tocar alto la foi demais, espero ansiosamente por uma nova temporada, já que tanto anime inútil tem saído (juro, n sou de criticar, mais R-15 foi um ecchi muito mal feito, e olha q eu gosto do gênero e assisto até os piorezinhos), Kamisama que foi tão envolvente mais que merece uma continuação.
E coca é o caramba, o négocio é Sprite ;D

julio pq disse...

Eu gosto mais de fanta laranja. Sprite é bom, mas nada como um sabor laranja pra adoçar a vida

baixe ja! disse...

Um otimo anime realmente bem, desenvolvido e quem não gostou daquela abertura exotica? akela cena dos creditos definitivamente foi épica e é um anime que definitivamente merece uma segunda temporada.
Nada de fanta uva,laranja, sprite ou coca cola o negoço aki é Pepsi pq "pode ser?,pode ser muito bom..."

douglas sb disse...

parece legal
axo que vou assistir quando terminar saint seya

Augusto disse...

O último episódio foi mal animado pra caramba, parece que mandaram o anime para bando de chineses presos num galpão animar.E também poderia ter sido mais objetivos na premissa, que é bastante promissora. Mas foi um anime que eu curtir e espero que tenha segunda temporada.

Nyu-chan disse...

Eu vou baixar esse anime, junto com Usagi Drop, foi o unico que me interessou realmente. Tempo, tempo, cadê você?

Ramon Thales disse...

Apesar de não ter esperado muito deste anime, ele se revelou muito bom, com bom desenvolvimento e uma trama boa, e que e apresentada sem muito rodeios ou que os personagens ficam segurando informação, quando e a hora eles simplesmente falam o que era para ser dito sobre seu passado.
Para mim este anime valeu muito a pena ter acompanhado ele, apesar de ficar chateado com o não fechar da historia, aguardando para saber se eles irão fazer a continuação futura da serie.

Nether Drak disse...

Eu achei muuuuuito incompleto. Mas muito mesmo. Eles esqueceram de concluir varias coisas. Na metade do anime o chefão da vila diz que está procurando uma pessoa que controle o robozão do mau(acho que ele não tem nome). Entre varios outros fatos. Outra coisa que n gostei foi da coitada da Mahiru. Ela é completamente desprezada por kyouhei, ela perde o kakashi dela(que esqueci o nome), foi trocada por uma peituda que não tem historia pra contar, e ficou sem nada no final, só desprezo pelo resto da turma.

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Eu tinha parado de ver no 4° ep. e apenas quando saiu o 12° ep. é que maratonei e me atualizei. Mesmo não tendo acompanhado semana a semana, concordo com você em tudo que disse. Eu achei um anime carismático e gostei da maneira como terminou. Para quem não dava uma estrelinha para o anime, ele se revelou agradável \o/. Não é o melhor anime do mundo (não mesmo) mas se sair segunda temporada eu assistirei :D

Son Soneca disse...

Matheus-Kuchiki temo lhe informar que Madoka ganhou o título...e não estou baseando em gosto, por mais que eu seja fan do anime das garotas mágicas.
Sobre Kamisama Dolls: Ta aí algo que me surpreendeu. Comecei a ver ontem o anime. Na verdade nem li essa review, mas depois que meu amigo me mostrou a op da série, resolvi acompanhar somente por causa disso. Minha surpresa: eu me diverti com os dois primeiros episódios =D

E tem gente que diz que o Japão está falindo nas animações...

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.