segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Comentários: Mirai Nikki 04 & Fate/Zero #05



Para os interessados, como sempre, alguns comentários meus sobre os episódios recentes de Mirai Nikki e Fate/Zero. Mirai Nikki, mesmo com uma produção desastrosa, tem provocado boas discussões e divide opiniões, apesar que essa divisão de opinião é da forma errada e não como deveria ser – No caso, as discussões deveriam ser sobre o roteiro e a sua suspenção de descrença, como no mangá, mas aqui discutimos o porque uns gostam e outros demonstram sua insatisfação com a série. Fate/Zero, continua cada vez melhor e independente de gosto pessoal, tecnicamente é o melhor anime da temporada, sendo eleito inclusive, pelos membros do 2channel como o melhor anime da temporada, com uma grande vantagem frente aos outros colocados [veja aqui ouaqui, pesquisas de opinião sobre].


Mirai Nikki #04

Ainda é Halloween, aqui está chovendo e este episódio apesar de não ser uma das passagens mais aterrorizantes da história, poderia ter proporcionado um entretenimento melhor.  Mas acabei prestando mais atenção no pacote de jujubas (é verdade que adoro isso) do que no episódio em si. O fato de eu já conhecer toda a história, não implica numa virtual perda de interesse, mas sim a falta de emoção como tudo é transmitido – Afinal eu ainda assisto qualquer episódio de Higurashi sem piscar. Mas algumas pessoas realmente têm gostado do anime de um modo geral, então nem tudo são trevas. Nesse episódio, tivemos a introdução de um 12º dono de diário e se você já estava achando Mirai Nikki “viajado” demais espere até ver as performances desse personagem nesse arco da Tsubaki, outra portadora do diário com habilidade de clarividência. O melhor desses diários, é o fato deles serem falhos e darem somente uma base do que estar por vir, então cabe somente ao personagem em questão mudar aquele futuro ou situação. Confesso que me o epilogo final, com Muru Muru e Tsubaki foi a parte que mais gostei – No humor, o anime consegue se segurar bem.

Esse arco, não é o melhor, mas tem umas reviravoltas interessantes e situações que vão de surtantes a enlouquecedoras psicologicamente. Pelo que deu pra ver, os donos de diários estão se articulando unindo forças, ou será que não é nada disso? Foi um episódio razoavelmente bobo, faltou à pegada de suspense e adrenalina, mas aposto que foi divertido para uma fatia do publico. Então, se o suspense não supriu minha necessidade, fico a espera da ação. [Obs.: Medo da dublagem da Yuno, parte 4]





Fate/Zero #05

Dos episódios de Fate/Zero até o momento, tive a ligeira impressão que este foi o que passou mais rápido. Fiquei tão absolvida na atmosfera densa e de forte impacto psicológico, que quando ensoou "Memoria", de Eir Aoi, anunciando o fim do episódio, até me assustei.  A empolgação da Yuki Kajiura em seu twitter realmente se justificou, e como ela disse, o episodio não é apenas surpreende, mas também assustador no sentido de conseguir te impactar com apenas diálogos e alguns minutos de luta com uma coreografia visual soberba. Palmas para a Ufotable que conseguiu fazer um Berserker em puro CG se juntar naturalmente a ambientação do cenário. Particularmente as cenas onde ele enfrenta a Saber, merecem ser degustadas calmamente e repetidas vezes, apesar de rápida.

Ver Rider, Lancer, Saber, Archer e Berseker na mesma cena foi bem interessante por contrastar a personalidade de ambos e ser um aperitivo do que vem pela frente. Saber e Lancer certamente são os servos que mais devem sofrer por colocarem a nobreza acima de tudo – Espetacular a forma como retrataram Lancer sendo forçado a se juntar a Berseker contra Saber, pelo seu mestre, Kayneth Archibald El-Melloi. Não precisou de muita ênfase no dramalhão e méritos a produção que conseguiu passar uma expressão física convincente no personagem. Para um cavaleiro, abandonar sua honra em um campo de batalha é pior que a morte. Acher por sua vez, teve que engolir todo seu orgulho e recuar depois de todo o falatório, sob ordens do arrogante e manipulativo Tokiomi. Aliás, a premissa desse episódio inteirinho é em cima de uma estratégia tática dos mestres que acontece por baixo dos panos – Enquanto os servos discutem suas diferenças.

E foi basicamente isso, reconhecimento de território, méritos do escrito, Gen Urobuchi e principalmente da Ufotable, pois nenhuma adaptação é fácil, mas adaptar um livro acredito ser ainda mais tortuoso por “N” motivos. É um episódio tático (e vem sendo assim desde o primeiro episódio), mas com pouca ação realmente tática, tem muito dialogo, mas que não levam muito além, e ainda assim foi fantástico? Isso só é possível com um roteiro realmente envolvente. O confronto foi curto, mas intenso o suficiente pra empolgar. E quão irônico foi ver o Berseker se descontrolar e atacar a Saber? Realmente, os Mestres terão trabalho com esses Servos. Além do Berseker sendo um “porra louca” AWESOME, a deliciosa OST entoada durante o episódio de Yuki Kajiura deram um gostinho todo especial. Espero ver os brinquedinhos tecnológicos de Kiritsugu fazendo barulho logo em breve e nossa amada Saber não sendo tão bobinha e inocente em combate, pois Caster está em seu encalço e acho melhor, não dizer o motivo, certo? E bem, estou igual o Rider, me divertindo como ninguém com isso tudo e esperando grandes combates pela frente.



13 comentários :

Luan Martins disse...

Zero está a anos luz à frente de Stay Night, opinião minha, claro..

E Mirai Nikki eu estou curtindo muito mesmo, pelo menos por enquanto.
Vale lembrar que nunca li o mangá, então não faço a minima ideia sobre adaptação, muito menos conhecia a Yuno diferente. xD

Sakura disse...

F/0 está cada vez mais perfeito e o Berseker botou pra quebrar. To adorando esse climinha de tensão crescente a cada episódio. aposto que vai terminar na melhor parte e so voltar ano que vem #sad

Semper disse...

Me sinto um pouco triste e receoso por não ter assistido Fate/Stay Night, já que o aproveitamento e apreciamento daqueles que acompanham a tragetória de Fate desde o começo deve ser muito superior ao daqueles que estão conhecendo agorinha o quão interessante e perplexo esta série nos deixa.

Pulei direto para os comentários do episódio de Fate/Zero porque ainda não vi o episódio 04 de Mirai Nikki, mas em relação a Mirai, está aquela coisa de fazer o que foi pedido, sem nada de espetacular e grandioso para acrescentar.

Roberta, continue fazendo comentários de episódio por episódio destas duas séries, porque realmente gostamos de ver a opinião de outros em relação aos mesmos episódios assistidos.

deiwid disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Estes 2 animes geram grandes expectativas,porém enquanto Fate Zero também envolve o telespectador num clima de contemplação,Mirai Nikki causa perplexidade.
Parabenizo-a pela escolha das imagens e também gostei da mudança no visual do blog.A menina acima ainda seria um "diclonius"?

Malus disse...

Otimos comentarios como sempre. Vi varios posts aqui, mas não quis comentar sobre eles . No caso deste, resolvi comentar pq alem de como sempre Fate não estar decepcionando, Mirai nikki me surpreendeu, posso dizer que esse foi o unico episodio, junto com o terceiro ,que realmente eu gostei, tem algumas falhas no roteiro, mas está sendo bem conduzido (pelo menos por agora).


Semper

Olha, posso te garantir que na realidade, vc terá o efeito contrario... QUando vc for assistir fate stay night, vc vai gostar muito mais do que nós que assisitmos antes. Isto se deve pq, tanto fate zero , como fate stay/night, tem referencias de uma serie ou da outra. Fate stay night tem varias referencias a fate zero, e eu , como a maioria dos fãs, ficavamos sem saber exatamente o que tinha acontecido a 10 anos atráz. Tambem acho que Fate zero é bem "reassistivel". Caso vc termine de ver stay night, e queira relembrar algumas coisas, você sempre pode recorrer a isso ^^

julio pq disse...

mais um episódio fantastico de Fate/Zero, o melhor da temporada realmente. Mirai Nikki, o que é isso, é de comer?

tomzf7 disse...

Mais um excelente episódio de Fate Zero, mantendo a absurda qualidade (técnica e enredo). Não temos como não sonhar com esse anime se tornando um de primeira linha, então torço para que continuem correspondendo as expectativas!

Minhas expectativas estão voltadas para Gilgamesh e Iskandar[Alexander], principalmente pois estou lendo a Epopéia de Gilgamesh, e da pra dizer que reproduziram decentemente o personagem, sendo ele - até o momento - na minha opinião o herói mitológico mais fascinante, SPOILER>>>> torço para que ele seja melhor aproveitado em Fate Zero <<<<SPOILER

tomzf7 disse...

E também tenho a impressão que o tokiomi não sairá ileso no próximo episódio! xD

Soneca disse...

Esse final de semana eu resolvi assistir Fate/Stay Night. Na boa, eita história ruim. Fate/Zero me deu tantas expectativas, mas Fate/Stay Night removeu todas elas, junto com a vontade de jogar Fate/Hollow -_-
Olha a diferença que um roteirista bom faz XD

Anônimo disse...

Estou curtindo Mirai Nikki, mas tenho que concorda em que seria maravilhoso se dubladora de Yuno fosse mais macabra.
Yuno aparentemente é apenas possui uma louca obsessão por Yuki, acredito que dever ser ela o personagem principal, o autor dever ter feito Yuki sem graça de proposito.
Se ele fosse um estrategista seria que nem Raito Yagami de Deth Note.
Pensa bem um aluno entediado com vida e derrepentemente se encontra em especie que lutar épica.
Fate Zero é sem duvida cem mil vezes melhor que Fate Stay Night, alem de um dialogo melhor, os personagens são valorizados.
Ja foi dito que a produção do anime se preocupou em manter historia sem prejudica o manga e a Fate Stay Nigh. Porem percebi que Saber tem uma especie de amizade com Irisviel, mas no futuro ela nem lembrar da filha de Irisviel com Kiritsugu Emiya.
E Kiritsugu Emiya nao amava tanto sua filha assim como foi mostrado nos primeiros episodios, porque quem sabe a historia a menina Ilyasviel von Einzbern foi criada sozinha em castelo e isolada do mundo para que futuro se torna-se uma Mestra para proxima batalha.
Kiritsugu Emiya cria outra criança no fim esta atual guerra que estão assistindo em Fate Zero, será conhecida por Shirou Emiya outro futuro mestre para proxima guerra de Fate Stay Nigh.

deiwid disse...

@ Anonimo sir

Sim, chamam-se diclonius. Trata-se de uma raça, digamos assim, mais desenvolvida. São parecidos com os humanos, mas a diferença é que eles possuem aquelas orelhas (chifres), além de vetores assassinos invisíveis e um amor incondicional.

Se tu nunca viu, cara, eu altamente recomendo a ler o manga. : D

Elfen Lied <3

Anônimo disse...

Acho que quem assistiu Fate/Stay Night sem spoilers da trama e sabe quem é o Barba Azul, fica claro qual é da pirada do Caster no final do episódio.

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.