segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Comentários: Fate/Zero #06


Mesmo sendo apenas um episódio de transição, o sexto episódio de Fate/Zero foi mais uma vez sensacional. E começou de uma forma excelente e divertida, ou vai me dizer que ver a Irisviel mandando “super bem” na direção não foi uma experiência e tanto? Mas ao que pareceu, a Saber, não curtiu tanto essa pequena aventura no objeto de desejo chamado Mercedes-Benz 300SL, que Irisviel chama de “brinquedo” – Olha, com um brinquedinho assim, eu faria um estrago enorme, BOOMMMM – Alguém ai quer vir no carona?


Em Fate/stay night, até rola um certo suspense em torno da verdadeira identidade de Saber poder ser a – Santa – Joana d'Arc (e como é bonito ver o nome dela sendo pronunciado em francês: Jeanne d'Arc), o que provavelmente tira um pouco da emoção daqueles que por ventura ainda não assistiram a série original, e assim vai ser com diversos outros detalhes do enredo de Fate/Zero. Mas não é como se fosse um grande estrago também na experiência de se assistir a série depois e os prós ainda são mais vantajosos que os contras. Caster confundindo Saber com Joana foi um recurso catalizador que talvez na versão animada não fique tanto em evidência, uma vez que por essa obsessão, ele acha que ela apenas não tem consciência de sua verdadeira identidade e tomará atitudes extremas. As cenas brutais envolvendo os órgãos expostos das crianças foram censuradas e foi uma atitude acertada, levando se em conta que o publico de Fate/Zero não se restringe apenas aos otakus. Mas infelizmente é provável que o estúdio Ufotable tome a decisão de não inserir essas cenas no contexto nem mesmo na versão Blu-Ray. Não chegará a fazer estrago no roteiro, mas sem dúvida é um ponto chocante que acrescentaria bastante à narrativa, ao mostrar a brutalidade desmedida de Ryuunosuke perfurando o crânio de sua vítima com aquelas adagas (?).


Inclusive, apenas nesse episódio, a Ufotable engoliu mais de 60 páginas do livro e condensou de forma magnifica em um episódio solido de 20 e poucos minutos. Você assiste compenetrado a cada cena, presta atenção a cada dialogo e não parece faltar alguma coisa, pelo contrário, está tudo bem fluido. O clima ambiente dado nesse episódio foi de pura tensão, deixando de lado aquele tom mais harmônico e melancólico, se fosse fazer uma comparação, seria com uma orquestra sinfônica regida habilmente por maestro, com nada fora do lugar, ao menos por enquanto. Claro que alguns detalhes ficaram de fora, de certa forma relevante, como o encontro de Saber com Caster, por exemplo – Mas para os mais fanboys, há a opção de ler o livro completo na web, o que compensa, pois cada linha de dialogo acontece de forma fantástica. Por outro lado, temos a melhor cena do episódio reproduzida da forma intacta e com puro awesome. Os efeitos foram SESANCIONAIS e visualmente foi um espetáculo que vemos bem pouco em animes vinculados na tv. Sem dúvida, a cena mais linda do episódio.


As subtramas também não foram prejudicadas, o que às vezes pode ser um problema em episódios de transição, se o diretor não for bom em fazer uma composição de todos os elementos que o enredo possui. Temos ai um fio condutor de um futuro triângulo amoroso, a ótima presença de Sola-Ui Nuada-Re Sophia-Ri, que já chegou mostrando seu interesse em Lancer. Kiritsugu e Maiya ativos, como sempre, dando jus ao nome do episódio, manipulando e sabotando o plano de El-Melloi, implodindo o edifício, mas antes tendo retirado todos os inocentes.

Outro bom momento foi Maiya sendo encontrada por Kirei em sua versão Wolverine.  Para quem tem curiosidade, são Black Keys, armas especiais para lidar com vampiros e espíritos, que também se fazem presentes em Tsukihime. A ação foi bem rápida e logo ela foi salva por Kiritsugu que lançou uma bomba de fumaça, mas isso deve ser compensado no próximo episódio, que deverá centralizar a ação. Assim como é o titulo, foi um episódio centralizado nas estratégias, como podemos ver na conversa meticulosa entre Kirei e Archer, que é convencido a acompanhar os outros mestres de perto, que precisam se precaver para garantirem sua própria segurança. Imagino que, para quem não se sente imergido na atmosfera do enredo, talvez todos esses diálogos possam soar cansativos, mas não seria Type-Moon se a narrativa não fosse tão concentrada em linhas de diálogos extensas. Para quem esta sentindo falta do elemento emocional, que é uma característica também marcante, na segunda parte isso deverá estar presente de forma abundante.


 Risei que ficou indignado com a atitude de Caster e Ryuunosuke de sacrificarem criancinhas, o que é uma afronta contra a Deus, dá o primeiro passo para aquilo que estamos loucos para ver: CENAS ÉEEEEEEEPICAS!!!

18 comentários :

Anônimo disse...

você vai falar sobre mirai nikki roberta ?

Panino Manino disse...

Jeanne D'Ay, carinhosamente chamada de "Joaninha".

Eu ainda não consigo engolir o Caster... tudo bem o Giles de Rais ter mesmo ficado louco mas ele é morreu como um ocultista frustrado, então é bem estranho ver ele invocar Cthulhu tão facilmente.
E ele confundir a Saber com a Joana... os mitos de Arthur são muito variados e fartos, então o autor usa a interpretação que ele quiser ou até mesmo cria uma própria, só que o Caster confundir ela com a Joana? Não dá. A Joana era morena. Ela também tinha sua espada "mágica", mas ela nunca esconderia a identidade dela, nunca.

E tem outra... quando a Saber revelou a identidade dela, é meio inconcebível que o Caster louco do jeito que ele é não atacaria.
Quer dizer, ela só disse ser a Rainha da nação inimiga da França...

Não que eu não esteja gostando disso, apenas não concordando.
É muito interessante reparar nesses detalhes dos personagens.


Já sobre o visual... dispensa comentários.
Que macumba foi aquela do Ufotable na cena do carro?
É a cena de carro mais bonita que já vi em uma animação, inacreditável, melhor do que qualquer filme.
Se o Ufotable consegue fazer uma animação de nível tão chocante para a TV, imagine d que eles seriam capazes de fazer com um filme de bom orçamento?
Nem dá para imaginar.

Panino Manino disse...

Ah, Roberta, o Giles de Rais foi executado justamente por ter sido pego como um assassino serial de criancinhas, um dos pioneiros do ramo.
Ele estava usando elas como sacrifício para invocar um demônio que pudesse trazer a alma da Joana de volta.


E... não tem como eles mostrarem o que tinha na cena na TV. Talvez no BD apareça, mas ainda é muito improvável.
Eles pegaram vários corpos, picotaram e costuraram juntos para construir móveis.
O que não apareceu ali foi um conjunto completo de mobília feito de partes de corpos, e um conjunto muito chique.

Anônimo disse...

Já passou-se praticamente 1/4 da série praticamente(esta teria 1 episódio a mais do que a anterior com 24,né?)devem iniciar as "complicações" daqui em diante.

Anônimo disse...

Esse começo de Fate Zero foi hilario demais, comecei a rir q nem besta imaginando o que se passava na cabeça da coitada da Saber q na certa era algo como "Vou cair nesse barranco e perder a guerra causa dessa maluca no volante! D:"...e as caras e falas dela então? Impagável kkk!!!
Fate ta se saindo uma experiência visual linda demais, mas essa parte da implosão do prédio arrebentou a boca do balão. Imagino como vai estar a qualidade do Blu-ray *-----------*

Malus disse...

Eu consegui informações que, na BD vai ter todas as cenas que eles cortaram, inclusive essas desse episodio. Aparentemente tem cortes em varias areas, inclusive no proximo episodio -.-

parece que vou ter que assistir a serie de novo quando o BD sair

Anônimo disse...

Acho que Fate vai se equiparar com STEINS GATE no quesito ansiedade semanal, categorias: NÃO PODE PISCAR E SENSAÇÃO TEMPORAL AFETADA( Mas já acabou ??!! )
Pelo menos, para mim, uma dose semanal tão necessária quanto procrastinar na faculdade.
Leitor do EFBR desde "A ERA STEINS GATE", passei a casualmente visitar o site porque eu tenho preguiça de ler resnhas do RC.net, pela imparcialidade deles, e às vezes falam muito técnicamente, somado ao meu inglês meia-boca de tradução de séries já viu né...Em contraponto encontro aqui uma leitura fácil(porém complexa) de entender, uso de imagens(ajuda preguiço..),e um bom estilo de abordagem, que por acaso é único, já que o site só tem um autor eu acho(uma menina de cabelos dourados,vide avatar)
Enfim, parabéns plo site e continue assim.

a tempo!!

#-A Irisviel ou é muito ingênua, ou é muito burra de achar que um carro daqueles é um brinquedo.

##-fORA SPOILERS!

###-Eu esqueci de comentar, mas eu tenho uma dúvida de STEINS referente ao primeiro episódio, um pouco depois da morte da kuriso, quando o Okarin fica admirando o cadáver com aquela cara de babaca,e ENTÃO O TELEFONE DELE COMEÇA A FAZER UM BARULHO DE MENSAGEM,MAS NÃO MOSTRA DE ONDE É AQUILO,DE QUEM É????

####-Acho que encontrei um erro no tão amarrado FATE/ZERO.Sobre a contagem regressiva que apareçe sempre ao final de cada episódio, no episódio 6, ela está em 143:35, já no anterior estava em 153:48.Temos então uma diferença de 10 horas do fim do 5º episódio para o fim do 6º episódio.Até ai tudo bem, porém a minha crítica é referente à questão noite/dia,porque se no fim do 5º episódio era noite, e no fim do 6° episódio também era noite, e se passaram 10 horas de um para o outro, não deveria ser dia e um e noite em outro????Um erro ou o sol funciona de uma maneira diferente no universo de FATE? Para mim, um erro justificado pela necessidade do 6° episódio ter um clima dark.

#####-Fico um pouco envergonhado porque parece que eu fiz um post(literalmente) na aréa de comentários de um site em que eu deveria começar com comentários complacentes e educados.

By Lucas- novo fã de animes e japonesisses que acha que o nome otaku pode sugerir uma ofensa pessoal simplesmente porque acha o nome muito feio.

Semper disse...

Só aconteceu comigo de comparar a primeira cena desse episódio com o NSFW Carbon? Ficou idêntico, até mesmo o carro bem parecido. Bons tempos.

SHiN™ disse...

Em relação a Steins aquela mensagem que no inicio fica somente chiando é a mensagem do okarin do futuro, que naquele momento ele não podia ver, mas depois, se não me engano no penúltimo epi ele consegue.Reveja o penultimo que você vai entender melhor.

LaLa-chan disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk episódio simplesmente impagavel, ri muito também das caras que a Saber fazia. A cena da explosão foi muito bonita, mas fico mais com a do carro, eu também nunca vi uma cena assim tão bem animada.

Roberta Caroline disse...

Primeiro, muito obrigado a vocês por comentarem =)


- Não comentarei sobre Mirai Nikki essa semana, infelizmente ficou muito em cima da hora e eu tinha que ir pra escola ainda :/

-Samper

-Panina, eu entendo o seu ponto de vista. Mas do meu lado, eu encaro o fato dele confundir ela com Joana algo bem natural, ele é louco e obsessivo. Ele não ter feito nada a ela, eu até engoli bem nesse primeiro momento. Achei as justificativas plausíveis para que ele não a atacasse. Teria que haver mais uma confrontação e ele se sentir realmente preterido, magoado.

-E tomara que tenha realmente as cenas censuradas no BD, seria chocante hehehehe

-Lucas, não se preocupe. Todos que possuem blogs, adoram comentários enormes assim =)
Principalmente, com observações tão pertinentes. Sobre o cronometro, deve ter sido uma erro da produção, acontecia bastante disso em Steins Gate Também. Espero que corrijam no BD.

Falando em Steins Gate, é como o @SHiN disse, aparece um chiado e se rever o penúltimo, vai aparecer o Okarin do futuro. O motivo do chiado, é o fato de o Okarin do futuro ainda não existir, então o do presente não tinha como ver nada além do chiado.

Anônimo disse...

NÃO shin, eu estava me referindo a um barulho que começa no celular do Okarin logo depois de ele ver o corpo da garota, após isso já mostra ele fora do prédio como se não tivesse houvido nada.
A mensagem do Okarin do futuro aparece antes dessa cena.

Lucas

Anônimo disse...

#ouvido nada

Lucas

Soneca disse...

Sinceramente esse episódio foi tão épico que nem existem palavras que possam descrever esse nível de épico. Foi engraçado a parte do prédio explodindo, e foi muito foda a cena do carro.
Minha única queixa foi censurar as mortes. Por que toda obra que o Gen Urobuchi toca a mão tem que ser censurada? (vide Madoka no começo do ano)

tomzf7 disse...

@Roberta
Execelente post! ^^. Poderia dar uma indicação para onde podemos encontrar a Light Novel?
Obrigado

Roberta Caroline disse...

Olá tomzf7

http://www.baka-tsuki.org/project/index.php?title=Fate/Zero

Tá em inglês =)

tomzf7 disse...

Muito obrigado! ^^

Agora é fazer um esforço pra ler em inglês, mas com certeza vai valer!

deiwid disse...

Roberta, amo seus posts. *-*

A cena do carro foi realmente excelente, meo deos. O brinquedinho dela era só um Mercedes-Benz 300SL né. HEIOAHIOEA

Achei interessante você não ter falado de Mirai Nikki, mas pelo visto faltou tempo e por isso não comentou sobre. Eu só queria dizer que para mim o anime não se compara ao manga, e que seria muito bom (pelo menos na minha opinião) caso você "poupasse esforços" com Mirai Nikki e comentasse sobre um anime que poderá ser um dos melhores do ano (porque da temporada já é – perdendo apenas para Fate Zero): Persona 4.
Ótima animação (não do nível de Fate Zero, nway), ótima trilha sonora e a trama é excelente (quem não jogou não deve ter conhecimento, mas Persona 4 tem um desfecho tão bom quanto Persona 3 – jogo antecessor ao 4, que tem um fucking enredo).
Ou continue comentando Mirai Nikki também, tanto faz. Mais seria empolgante ler especulações sobre Persona em suas palavras. Haha

Ah, e obrigado por ter me encorajado a ver Fate Zero. Eu realmente não iria acompanhar esse anime, mas depois de ler seus posts não deu como evitar. lol
Comecei a ver sexta passada e hoje não só acompanho o Fate Zero, como já terminei de ver o Stay Night e to tentando jogar a visual novel. ._>
abraçççs

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.