terça-feira, 11 de outubro de 2016

Primeiras Impressões da temporada: Outubro 2016 (P. 1)

E lá vamos nós com isso  XD~



Começando mais uma temporada de animes, e eu não posto nada aqui no ELBR desde a anterior, to me sentindo muito mal com isso, preciso organizar minha vida pq tah foda XD. E por isso eu quero MUITO que essa temporada eu goste de POUCOS animes hahahahahaha.

Meus agradecimentos ao Erick do Animecote, pq eu tirei algumas informações do Guia da temporada dele, lá tem aos 71 animes estreantes com comentários bem completos caso vocês queiram dar uma olhada.

All Out!! 
Avaliação: ★ ★ ★ ★ 
Anime dos caras musculosos!! All out!! é um dos animes de esporte dessa temporada (tem pelo menos uns 5 outros hahahahaha) trazendo o rugby como foco.
Kenji Gion é um cara complexado com sua altura, mas bastante forte, e ao entrar no ensino médio do colégio Kanagawa, acaba esbarrando com o tímido Iwashimizu Sumiaki, um jovem alto mas bem covarde, mas que participou do clube de rugby durante o fundamental e tinha cido recrutado agora no ensino médio, o que faz Gion se interessar pelo estilo de jogo e querer entrar pro clube também.

Baseado num mangá seinen de autoria de Amase Shiori, publicado desde 2013 na Monthly Morning Two com 9 volumes e em andamento. Com uma co-produção da Madhouse com a TMS Entertainment, com direção nas mãos de Kenichii Shimizu (Kiseijuu: Sei no Kakuritsu).

Um anime que eu já esperava a um bom tempo já que criei gosto por animes de esporte recentemente, e rugby é um esporte que desconheço, então porque não aprender com um anime não é mesmo? All out!! teve uma estreia bem morna, como a grande maioria dos animes de esporte onde o foco é mostrar "Como isso pode ser tão divertido?", fica até estranho considerando que rugby é um esporte que deve doer para caralh- de tanto que você se joga nos adversários (lógico deve ter técnicas mas poxa, eles usam SÓ capacete.), e o adjetivo "divertido" parece muito errado nessa premissa, mas o protagonista gostou, acho que isso é o que importa XD. O character design é bem mais "masculinizado", homens mais robustos, com diferentes alturas e tipos físicos, algo que não é comum de se ver, então talvez muita gente não goste, e pelo menos o primeiro epi teve uma boa animação, afinal Madhouse =P. Por ser um seinen espero algo um pouco mais maduro e violento, tenho muitas espectativas de que será bem legal.

Avaliação: ★ ★ ★ 
O Desenho CHINÊS. Literalmente falando... O_o. Já que é a história de um Manhua, e o estúdio é chinês também.
60 anos atrás, um estranho caso da insônia atingiu a população, obrigando-os a ficar acordados por mais de uma semana inteira. As vítimas, completamente privadas de sono, enlouqueceram. Para curar esta doença, um novo medicamento foi produzido, mas os efeitos colaterais transformou os pacientes em vampiros. A humanidade entrou em guerra contra esta nova espécie e triunfou, mas alguns dos vampiros conseguiram sobreviver. Nascido a partir de um humano e um vampiro, o personagem principal Mi Liu, "The Child of Hope", representa a nova esperança de que vai ligar as duas espécies. Chefe de um assalto a banco, Mi Liu é preso e transferido para uma prisão especial da Agência de Defesa Nacional que monitora vampiros. Tentando fugir com Anji, Mi Liu é atacado por monstros estranhos e descobre que o local da prisão corresponde ao local de nascimento de vampiros, a antiga capital "Blue Town." Por que vampiros estão presos na Blue Town? Quem são esses monstros estranhos que estão o atacando? Nossos heróis devem lutar para resolver os mistérios.

Baseado em um Web Comic de nome original "Space-Time Prisoner " com atualmente 115 capítulos, de autoria de Bai Xiao e em publicação na Tengxun Dongman. O estúdio é o Creators in Pack juntamente com o Namu Animation e direção de Masashi Nakamura que está estreando.

A estreia foi bem méh... sério, eu to fazendo trial de 3 episódios mais eu queria muito dropar no primeiro, o segundo foi melhor, mas ainda não bom o suficiente para eu querer continuar. Eu gosto de histórias com vampiros e gosto de sci-fi, o próximo episódio deve mostrar mais do plot e talvez fique mais interessante. Quanto a animação, regular, não tava boooooom, mas também não tava nivel Days (atualmente para mim Days se iguala a anime sem movimento, foi muita decepção), mas duvido que melhore, parece ser o tipo de anime com bastante ação, mas não sei vai conseguir entregar isso muito bem, a história precisa ser boa para conseguir segurar audiência.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ 
O anime que todos esperavam e ficou no trending topics do Twitter na estreia! O anime que a maioria das mulheres acha machista, o anime que deixa os homens felizes por não precisar imaginar "plot" porque ELE VAI NA SUA CARAAAAAAAAAA! (vide imagem acima), está finalmente aqui.
Kaminashi Nozomi, é uma excelente ginasta, mas por vir de uma família pobre, sempre deu importância em ganhar dinheiro, e é por isso que seu desejo é entrar no mundo do "Keijo", um tipo de esporte onde altas apostas ocorrem para verem mulheres competindo entre si em pequenas plataformas flutuantes na água. O objetivo é empurrar a rival para fora dela, porém só é possível usar sua bunda ou seios a fim de se conseguir isso.

Adaptação de um mangá shounen de autoria do DEUS Sorayomi Daichi (espero que pessoas entendam ironia...) publicado desde 2013 na Weekly Shounen Sunday, com seus 13 volumes e em andamento. Animação nas mãos do Xebec com direção de Hideya Takahashi, que também está estreando.

Então... por onde começar a explanar por tal obra com tanta profundidade e embasamento... eu conheci Keijo!!!!!!!! (que tem 8 exclamações, fiz questão de contar) graças ao meu lindo Twitter que nunca me deixa de me impressionar, não li o mangá ainda porque queria me surpreender com o anime, e gente... eu achei bom.... eu to me sentindo MAL por dizer isso, MAS É BOM. Eu não sei, eu acho que já me acostumei tanto com os "plots" por ai dos animes ecchis, que esse mesmo sendo escancarado até a morte, não me incomoda, ou pelo menos não me incomodou no primeiro epi, quem sabe como vai ser nos próximos né. 

Ai temos nossa protagonista, a qual me identifico muito na parte de "DINHEIRO É TUDO QUE EU QUERO!", e cara, ela é foda, ela faz uma pirueta loca lá, e tem uns peito de aço porque pqp deve doer demais essas trombada (vide imagem acima), e conseguiu entrar pra escola de treinamento de Keijo!!!!!!!! e tal... Ela merece. Animação estava até que boa pra um XEBEC da vida, mas CHUTO que vai decair, não sei quanto dinheiro e esforço estão colocando nisso, mas sério, só assistam se vocês querem mesmo ver o fanservice, porque não deve mudar muita coisa daqui pra frente não, deve ser só lutas, com golpes envolvendo bundas e peitos com nomes de duplo sentido e provavelmente uma comédia pastelão joganda no meio, mas se me fizer rir já ganha vários pontos. Obs.: Quero muito ver a menina com o golpe de bunda igual o Gingamesh.

Shuumatsu no Izetta
Avaliação: ★ ★ ★ ★ 
O anime das lésbic- COFF COFF COFF... eu quero dizer da ultima bruxa branca lutando por sua princesa!
No ano de 1939, a nação imperialista da Germânia iniciou uma invasão repentina em seus países vizinhos, ação essa que tragou toda a Europa num novo período de guerra. Nisso, em 1940 os germânicos acabam mirando suas tropas em Elystadt, pequeno principado abençoado com vegetação deslumbrante e água nos Alpes. É nesse cenário que conhecemos duas garotas, sendo uma delas Izetta, descendente de um clã de bruxas cujos misteriosos poderes são passados de geração em geração, e que desde pequena vagueia com sua avó pelos países da Europa a fim de esconder suas habilidades; e Fine, a única filha na linha de sucessão de Rudolph III, soberano de Elystadt que atualmente se encontra muito doente - e por conta disso ela se prepara em seu lugar para a invasão da Germânia. As duas acabarão se conhecendo e, por certos motivos, unirão forças para enfrentar o inimigo.

Animação original do estúdio Ajia-do com direção de Masaya Fujimori (Tribe Cool Crew) e roteiro nas mãos de Hiroyuki Yoshino (World Trigger, Guilty Crown, autor de Seikon no Qwaser).

Temos aqui um anime com um ÓTIMO primeiro episódio, eles capricharam mesmo sendo um estudio pequeno, com uma premissa até diferenciada, se considerar que no meio da guerra tem uma bruxa montada numa arma gigante voando por ai explodindo aviões e tal... Achei divertido, gostei das duas personagens femininas, acho que elas vão trabalhar bastante, espero MUITO ver pelo menos algumas taticas de guerra, não quero que a bruxa use seu protagonismo para explodir tudo porque não tem graça, vamos ver no que pode acontecer, mas acho que esse seria legal dar uma olhada.

Avaliação: ★ ★ ★ 
O anime de detetive que homenageia o Rampo de novo! Eu reconheci o Character design desse anime logo de cara, já que é de mangakás que eu gosto, mas não sei bem em relação ao conteúdo. 
No ano de 2030 o "Clube dos Garotos Detetives" é formado pelo misterioso detetive Kogorou Akechi, que lhes confere total liberdade de ação. Resolvendo tanto casos simples quanto complexos com suas habilidades únicas, certo dia um dos membros desse grupo, Kensuke Hanazaki, conhece Yoshio Kobayashi, um garoto que é imortal devido aos efeitos da "Névoa não identificável" - se isolando o máximo que pode, seu desejo é acabar com sua própria vida uma vez que essa condição de imortal foi adquirida às custas dos sofrimento de muitas pessoas. Hanazaki se interessa por ele e o convida a se juntar ao clube, sem saber que tal encontro se ligará ao destino de Kogorou Akechi e o maior vilão da era atual, o Demônio de Vinte Faces.

Animação original novamente, de co-autoria de Shin-Ei Animation e TMS Entertainment. Direção de Masahiro Mukai (Choujigen Game Neptunia The Animation), Erika Yoshida que está estreando (muita gente estreando essa temporada) na criação e supervisão de roteiros, Shinya Yamada adaptando o "character design" originalmente criado pela dupla feminina Peach-Pit (autoras dos mangás Rozen Maiden, Shugo Chara e Zombie Loan).

Então, hoje (Segunda, 11/10) eu vi o segundo episódio desse anime e pensei... "Isso não vai dar certo produção...." sabe gente, a premissa é interessante porque eu gosto de animes com detetives, mas não cara... tipo não sei, sério, eu sinto que não vai ser exatamente o tipo de anime que uma pessoa que gosta de mistério gostaria de assistir, o primeiro caso foi leve, mas sem explicação, com resolução rushada, sem climax, e com muito amadorismo vindo dos meninos da agencia. Para mim, tinha que ser algo MUITO mais elaborado para fazer sentido sabe, eu não sei se os casos que vem por ai serão melhores que esse primeiro, mas fiquei até triste, se no terceiro não me segurar, vai ser drop, simples assim. A animação é boa, serve ao próposito, mas não tem nada de especial, a direção deixa um pouco a desejar, mas acho que a continuidade e o script é que precisam ser mais trabalhados.

Yuri!!! on Ice 
Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★
Claro que eu iria dar 5 estrelas pra esse né! MELHOR ESTREIA, (depois de Natsume é claro, amorzinho sempre melhor).
A história é centrada em Yuuri Katsuki, jovem de 23 anos que, apesar de ter carregado nos ombros a esperança do Japão em ser campeão, acabou sofrendo uma derrota esmagadora na competição de patinação no gelo "Gran Pix Finale". Ao retornar pra sua casa em Kyushu ele fica dividido quanto a continuar praticando o esporte ou se aposentar, o que resulta num período de reclusão no qual evita contato com todo mundo - porém, isso mudará ao conhecer pessoalmente seu ídolo Viktor Nikiforov, um patinador de 27 anos que foi campeão mundial cinco vezes consecutivas; e Yuri Plisetsky, adolescente prodígio de apenas 15 anos que já tem derrotado competidores mais velhos e colecionado títulos juniores. Tanto Viktor, quanto os dois Yuri se envolverão na disputa de um novo Gran Pix.

Animação original MAIS UMA VEZ, só que do estudio Mappa que também está fazendo Days desde a temporada passada, direção e criação de Sayo Yamamoto (Lupin III: Mine Fujiko to Iu Onna, Michiko to Hatchin, Texhnolyze) juntamente com a Kubo Mitsurou (autora dos mangás Again!!! e Moteki) que também fez o character design.

Agora eu sei para onde foi TODO o dinheiro da animação de Days... foi todo para o primeiro episódio desse anime, sério gente. Days atualmente parace anime feito no power point de tanto movimento que não tem nos episódios. E esse anime em especial para ficar bom vai precisar de muito movimento, e por isso eu estou numa corda bamba maldita porque o primeiro episódio foi muito bom, e eu tenho MUITO MEDO de dar merda daqui para frente e esse anime ser só mais um desse ano, em vez de receber um bom destaque que merece. 

Gente, todos os personagens são muitos carismáticos, o Yuri principalmente, ele é muito puro, precisamos proteger o sorriso dele, um amorzinho mesmo, e pelo que parece o Victor também será um cara legal e engraçado, mal posso esperar para ver eles treinando juntos, fora as tretas que o Yuri JP (Japão) vai ter com o Yuri RU (Russia) hahahaha, afinal Yuri RU está com 15 aninhos e se acha o maiorial, além de ser um cara bem pavio curto e agressivo, mas eu sinto que o Victor vai controlar ele com rédia curta e logo ele deve aceitar o Yuri JP (até porque sem esse desevolvimento não teria graça, deve ser aos poucos e criar várias cenas comicas com dois juntos). 

A animação estava boa, e escolha das cores estão bem legais, algo mais para o tom de azul, mas conheço gente que não gostou das tonalidades, para mim elas funcionam. E uma coisa importante é a cena da apresentação, se você notou que o Yuri parece muito desengolçado enquanto ele tenta repetir o que o Victor faz com tanta facilidade e delicadeza, espero mesmo que seja para esse fim, porque parece que faltou alguns frames no meio, mas a ideia é mostrar que o Yuri é totalmente capaz, mas precisa ser lapidado muito bem, e acho que por isso temos o Victor para ser o novo técnico dele.

Já que o Japão é a próxima sede dos jogos olimpicos escolheram um esporte onde o Japão é potência, atualmente os rankings mundiais individuais tanto feminino, quanto masculino de patinação no gelo são liderados por japoneses, sendo este um esporte com três categorias de disputa (artística, de velocidade e de velocidade em pista curta). Acho bem legal eles quererem valorizar isso.


*-*-*
E como sempre, continuações não serão consideradas, mas essa temporada tem NATSUME GO e todos vocês DEVEM ver, Working pode ser um anime novo mas é Spinoff, o que quer dizer, personagens diferentes, mas é a mesma coisa, a vida do pessoal trabalhando no restaurante, Haikyuu vai ter só 10 epis pq o anime todo vai ser SÓ UM JOGO, vamos torcer pra que Gundam orphans não fique uma merda nas mãos da okada, que tenha muito yuri em Euphonium, e muitas tretas em Bungou. Até a próxima postagem!