terça-feira, 1 de setembro de 2015

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Railgun S - De oitenta a oito

Saudações do Crítico Nippon!


A primeira temporada de Toaru Kagaku no Railgun me deixou com uma sensação ambígua. Por um lado, possuía um interessante universo de pessoas com super poderes e lutas aparentemente simples, porém inteligentes e muito bem feitas, chegando a lembrar Darker Than Black. Do outro lado, quando as protagonistas não estavam lutando, parecia um longo e torturante Shoujo/Yuri. De qualquer modo, fui fisgado a explorar a segunda temporada (o que já quer dizer alguma coisa) e, para minha agradável surpresa, parecia que eu estava vendo outro anime. Com uma atmosfera incrivelmente sombria e uma animação muito mais competente, Railgun S pisa no acelerador e só melhora exponencialmente. As duas temporadas parecem ser feitas para públicos completamente distintos. E eu não vi necessidade nenhuma de ter assistido a primeira, portanto recomendo que comecem por essa segunda sem problema nenhum.

            Isto é, até chegar na reta final e a trama voltar ao Shoujo/Yuri, em uma das maiores decepções que já tive assistindo uma série. 

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Entrevista com Tomohiko Ito, diretor de SAO, Silver Spoon e Occult Academy

"(...) Para os fãs que se tornaram fãs da autora de Fullmetal Alchemist, Silver Spoon é completamente diferente. Então você pode estar realmente chocado, mas eu sinto que esta série e este estilo representam o seu trabalho muito mais do que Fullmetal Alchemist."