segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Primeiras impressões: Mirai Nikki e a Expectativa



E finalmente acontece aquela que, ao lado de Fate/Zero, era uma das estreias que particularmente, eu mais aguardava na temporada. Não foi tão ruim quanto se esperava, mas isso não quer dizer que tenha sido bom – na verdade, foi só chato e entediante. Didático demais, incrivelmente lento, muito focado num draminha de Yuki que nem no mangá, seu autor leva tão a sério e com uma autoafirmação em cima do diário que foi extremamente desnecessária, com inserção de OST’s diversificadas e todo um “oba oba” que demonstra  a clara preocupação do estúdio Asread com a série, mas sem o resultado esperado. Foi uma estreia bem meia boca e entendo perfeitamente o fato de as reações ao primeiro episódio ter sido tão fria.


O pé atrás com Mirai Nikki, começou desde o anuncio de sua adaptação para anime, tendo como diretor, o inexperiente Hosada Naoto, que havia dirigido e falhado miseravelmente com Shuffle! Memories, seu único anime até então, como diretor. Fora um estúdio sem muita tradição como o Asread, que não inspirava muita confiança. Apesar de eu não ter achado o episódio envolvente como deveria ter sido, as pessoas de um modo geral parecem ter gostado, mas é um “gostei, foi bom”, tão sem emoção que a minha única certeza nesse momento, é que definitivamente a versão animada de Mirai Nikki não terá condições alguma de fazer frente a séries como Fate/Zero e Chihayafuru – fora as que estão para estrear ainda – e muito menos ser aquele anime que poderá vir a ser o melhor do ano.  


Mas ainda assim, com dois cours pela frente, Mirai Nikki tem tudo pra ser superior a Deadman Wonderland (o que não é grandes coisas no fim das contas), que falhou principalmente por ter que contar uma história grande, em um curto espaço de tempo, sofrendo com problemas de ritmo e execução. Já no primeiro episódio de Mirai Nikki, seguraram um pouco o ímpeto acelerado do mangá, acrescentaram um epilogo recheado de spoilers, na tentativa de manter a curiosidade do expectador – tenho que concordar que foi uma cena com um tom meio assustador, gostei – e se focaram bastante na questão do diário e as previsões do futuro, porem o fator principal, que é o jogo de sobrevivência, deixou a desejar na estreia, uma vez que originalmente isso já imposto logo de cara, com sequências de tirar o folego. Definitivamente não gostei desse clima que o anime tentou passar, de “sou sério, tenho profundidade psicológica” – no caso, não se levar a sério, é uma das maiores qualidades do mangá.

  • Montagem a partir de um site japonês, mostra bem a DIFERENÇA gritante de perspectiva entre mangá e anime e em como isso afeta a forma como você vê a série - De um lado, Yuno com cara de maniaca sexual, de outro, ela como realmente é. Yuki deveria estar amedrontado, mas cadê? Agora ele é apenas um pamonha inexpressivo.



  • Toda Yandere tem uma cena como a apresentada no mangá. No anime, completamente descartado, seja por visão artística limitada ou poucos recursos. 


Seguir o mangá mais de perto, sem dúvida seria a escolha mais segura e sensata, já que por si só, a história dos diários do futuro, impressiona e seu tom acelerado, divertido e descompromissado, já é um excelente cartão de visitas. Infelizmente, tá mais pra Umineko no Naku Koro ni, do que para Higurashi no Naku Koro ni. O uso exagerado de CG e a animação que não é lá grandes coisas, acabaram comprometendo também e MUITO, principalmente no aspecto que é a maior característica que Sakae Esuno (autor do mangá) inseriu nos personagens, que são as expressões faciais – no anime, além de inexpressivo, ficou altamente caricado. Não convenceu, não me empolgou. Nesse episódio, eu senti isso meio distante, assim como um ângulo exageradamente aberto nas tomadas mais importantes e que deveria haver uma aproximação maior com o rosto.


O ancentuado tom “moe moe” inserido em Yuno e alguns spoilers do episódio seguinte, mostra o que talvez, seja uma investida em cima do ecchi mais descarado, o que definitivamente foge bastante da premissa original mas que combinaria, dentre a visão que eles tem, com a expressão pervertida de Yuno Gasai – quando na realidade ela deveria expressar loucura.  A equipe de dublagem não é lá muito conhecida, como já era de se esperar de uma produção feita por um estúdio sem experiência e grana. Yuki ficou a cargo de Misuzu Togashi, que faz a Mai Minakami em Nichijou e Azuki Shinatsu, em Maken-ki!, seus únicos trabalhos até então – se o Yuki já é todo frouxo e com uma voz tão feminina ainda, mais algumas surpresas que estão por vir, eu prevejo uma lixação pública muito em breve. A dublagem da Yuno não é menos sofrível, temos ai a Tomosa Murata, que antes de dublar em Mirai Nikki, teve um pequeno papel em The Legend of the Legendary Heroes. Okay, respirando fundo aqui, a coisa tá tensa. A única que realmente combinou e nas poucas palavras, não comprometeu em nada, foi a Mai Aizawa, dublando a terrorista e anti-heroína toda “se fode ai”, Minene Uryu – que tem um currículo considerável, já tendo participado de diversos animes.


E quer saber mais? Assistindo a esse entediante episódio, eu me lembrei de Chaos;Head. O quê? Não percebem a semelhança? Oras, boa premissa, a produção colocando o doce na boca da criança e depois retirando e no fim, aquela trollada deliciosa. É decepcionante e meu mundo caiu ao ver um dos mangás mais interessantes do mainstream – e que eu gosto tanto, taaanto – ser completamente desfigurado e tendo uma estreia que é um verdadeiro fiasco na minha concepção. E como eu conheço o original, curtir pra caramba o ritmo frenético e alucinante, a ação desenfreada e a assustadora Yuno Gasai, não há forma de eu ter gostado dessa estreia, ao contrário de quem esteja vendo pela primeira vez. É a mesma coisa que eu chegar numa lanchonete, perguntar se tem Coca-Cola e o atendente responder: Não tem Coca, serve Pepsi?

E então, na falta de um Mirai Nikki, vai um genérico ai?

[recomendo a leitura do meu post sobre o mangá e percebam a empolgação da garota http://www.elfenliedbrasil.com/2011/09/mirai-nikki-o-diario-do-futuro-stalkers.html]

[E fica a dica de uma opinião completamente diferente da minha, do querido Dih lá do Chuva de Naquim, leiam http://chuvadenanquim.wordpress.com/2011/10/10/primeiras-impressoes-mirai-nikki/]

[Uma opinião que se parece bastante com a minha, a do blog Anikenkai http://www.mbbanikenkai.com/?p=2262]

[E mais uma crítica, dessa vez do blog Gyabbo! http://gyabbo.wordpress.com/2011/10/15/mirai-nikki-primeiras-impressoes/#comment-3058]

27 comentários :

Power Otaku ^_^x disse...

FFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFFF

Só tenho isso a comentar XP

Augusto disse...

Agora eu fiquei com medo. Mas vou assistir só pra poder decidir se invisto ou não no anime. Eu gostei desse post de desabafo xd

Accelerator disse...

Aff , e eu achando que Mirai Nikki ia ser um otimo anime -_- ,
Que Yuno é essa ?Que cara de excitada é aquela? No manga da pra ver que ela é meio doida pela expressão mas no anime ela está com uma expressão de "Me come com força" O_o
E quem a Tomosa Murata dublou em Denyuden? Só quero saber por curiosadade

Gustavo disse...

Uma melhor analise de anime nao é bom comparar com o mangá, ja que são obras diferentes mas como eu ja

li o mangá acho que não vou conseguir ser imparcial então vamos la:

A animeção eu até achei satisfatoria não é a melhor animação do mundo mas é aceitavel.
Mas as vozes ja é outra historia, a voz do yuki até vai pq a voz dele combina com a personalidade bundão

dle. Mas a voz da yuno ai eles ja tão de sacanagem, a voz dela pode até ser aceitavel quando ela está

normal mas quando a yuno entra em modo psicotico não tem como a voz ficar boa não.

Um ponto muito importante foi a personalidade da yuno ja comentada, mas queria acrescentar que parece

que a yuno do anime nao é a mesma da yuno do mangá, pois a yuno do mangá ela é realmente aquela pessoa

psicotica perturbada, mas no anime foi uma coisa mais forcada e não muito natural pareceu que ela é só

uma maniaca qualquer.
E o yuki no mangá é mais expressivo realmente no mangá ele demonstra mais surpresa não sei se foi por

causa do ritimo um pouco acelerado em alguns momentos que não deixavam que o yuki do anime demonstrasse

muita surpresa.

Enfim, achei esse episodio meio raso, não me prendeu a atenção acho que um fator que contribui foram as

OST que nao conseguiram passar muita emoção. Quando eu li o mangá a quase um ano eu não consegui parar

de ler, eu tinha prova no outro dia mas não consegui parar de ler, quase virei a noite lendo mirai

nikki, mas o anime não me despertou muita vontade de continuar a assistir não, mesmo com os flexes de

spoiler que fizeram no anime não conseguiu me prender não.

MAs essa foi uma opinião de um fã do mangá, queria escutar uma opnião de quem só viu o anime.

Gustavo disse...

desculpe a formatação ficou um pouco esquisita.

obs: eu comprei o mangá de mirai nikki mas depois que os caras ja tinha enviado pra mim, eu percebi que era a versão em alemão (pqp), fazer o que...menos mal que foi só um volume

Panino Manino disse...

TÁ TUDO ERRADO NESSA BUDEGA!
CORRAM DISSO, SÉRIO!

Podem esperar pelos surtos dos fãs mundo afora, não tem salvação.

jonhmaster disse...

Assim panino so tenho uma coisa a te dizer, não gostou não assista, porem ficar fazendo anarquia so para diminuir a obra so pelo fato de não ter gostado é muita infantilidade sua.

Kyohei disse...

Bom, pra começar não li o mangá ainda e talvez por isso tenha achado esse primeiro epsódio interessante, vc disse lento, mas para mim foi de uma certa forma rápida, novamente o fato de não ter lido o mangá deve ter afetado essa "estatística".
A história em si, me parece muito interessante, por isso lerei o mangá em breve. Entediante, talvez pela sua quantia de spoilers, mas há mim que não tenho NADA (SIM! NADA NADICA DE NADA) de spoilers, foi um inicio bom e de certa forma até empolgante, me fazendo querer ver mais.
Decepção com a voz do Yuki (é yuki né?).

Soneca disse...

Como eu posso dizer: não me despertou interesse essa série. Estou acompanhando o primeiro episódio, que me deixou alegre. Foi um bom começo, mas foi como você disse: NADA DEMAIS.
As cenas de morte e da yandere não me fizeram sentir nada, diferente de Deadman Wonderland, que, por mais que fosse meia-boca, não pode negar que dava aflição algumas cenas desse anime.
Ou, como exemplo melhor, a cena da criança brutalmente morta em Fate/Zero: Comparado a isso, o anime de Mirai Nikki é um programa para toda família.
Bom, estou no aguardo dos próximos episódios, mas não estou botando muita fé nesse anime...parece mais um Doubt da vida -_-

Panino Manino disse...

Criança quer diversão Johnmaster!
E é falando-se mal que aparecem os fãs para discutir com argumentos.

Augusto disse...

fui lá e assisti pra ter uma opinião a respeito. Que desastre! Sério, a idéia é bom, claro é por isso que o mangá é um sucesso absoluto. Mas a direção está completamente perdida, o que eu vi ali foi um amontoado de ideias mal executadas, a interpretação das seiyuus não está só ruim, mas envergonhante. Tecnicamente então, mais triste ainda, o CG salta aos olhos, péssima iluminação, uso de cores. Ruim demais, não quero nem dar mais uma chance ao primeiro episódio. Essas pessoas que gostaram, devem ter algum problema. Mesmo com todos os problemas de Deadman Wonderland, ao menos era um anime que ao menos tinha um pouco de lucidez em sua trama. Que diabos deu na cabeça desses japas de mandarem Mirai Nikki pra um stúdio tão ruim?

Natália Fontanna disse...

Eu gostei e não gostei. Gostei da história, mas achei meio chato de assistir.

Jessica disse...

Bem, vou comentar o falei no chunan:
Engraçado, enquanto aqui todos reclamaram da coloração e da arte, nos gringos (EUA, especificamente no site da ANN) ela foi bem elogiada. Na verdade, a maior critica lá sobre mirai nikki n foi quanto ao aspecto técnico, e sim quanto ao próprio enredo e seus personagens.
Só queria saber como os japas reagiram, afinal, o anime é pra eles :/
Não li o manga, então n posso dizer nada. Eu só achei q a direção ficou meio sem sal,mas nada q um bom enredo n compense.

Mary Vanucchi disse...

É tanta rage que agora sim quero assistir ao primeiro episódio. xP

Kyohei disse...

Meu deus só eu gostei desse eps u.u

jonhmaster disse...

"Tecnicamente então, mais triste ainda, o CG salta aos olhos, péssima iluminação, uso de cores. Ruim demais, não quero nem dar mais uma chance ao primeiro episódio. Essas pessoas que gostaram, devem ter algum problema."

Augusto so por que você não gostou e outras pessoas gostaram não quer dizer que elas tem problema mental.

Sinceramente é melhor discutir com pessoal de RPG, Filmes e HQs do que com otakus que tem uma mente muito linear e não gostam de olhar para os lados para ver outras opiniões.

Você não gostou tudo bem ninguem vai te criticar por isso mas so por que você não gostou quer dizer que quem gostar da obra é um idiota? demente?

Cara para com isso na moral.

Roberta Caroline disse...

@Accelerator

A Eris =)

julio pq disse...

De todos os animes dessa temporada, essa foi a estreia mais lixosa de todas. Não via uma direção tão perdida assim desde Angel Beats. Vou assistir o segundo episódio, se for ruim, eu dropo.

Panino Manino disse...

Estou começando a achar que o troll é o John Master, que não pode ver ninguém falar mal que vem com essa grande lição de "o errado é você".

jonhmaster disse...

Panino troll é quando o cara fica brincando e no momento não é isto que estou fazendo se quiser achar que é isso ai é problema seu não estou aqui para mudar o pensamento de ninguém. Porem não faço a opiniões alheias como minhas opiniões.

Panino Manino disse...

Sei que não está brincando e tudo bem, mas aí sou eu que acho errado levar isso tão a sério assim.
Não é preciso seguir uma cartilha de ética e protocolo para poder bater um bapo saudável sobre entretenimento barato.
Se tu não é troll, então poderia ser velho chato.

jonhmaster disse...

Bem sobre eu ser chato isso eu concordo. Com algumas coisas eu sou chato com outras não. Para entretenimento e analises sou chato mas brincadeira entre amigos eu sou bem liberal.

Luan Martins disse...

Não li o mangá.

Gostei.

Problem?

deiwid disse...

É claro que tu gostou: é o enredo do Mirai Nikki. Primeira vez que tu tá vendo, não tem como gostar.

Só que o diretor tá perdido. Já vinha de um fracasso e agora pega uma obra com Mirai Nikki. Se tu lesse o mangá aí sim tu iria gostar de verdade.

baamtog disse...

Li o manga mais de uma vez e adorei.
É um dos meus mangas preferidos.
Quando eu descobri Mirai a história já havia acabado, então li os 59 cap em questão de horas.
Sério, depois q comecei não consegui parar.

E qual minha opinião sobre o anime?
Olha..
Eu não gostei da seiyuu da Yuno, é muito fraquinha.
Um personagem como a Yuno (para mim uma das melhores yanderes q já vi em mangas) tem q ser perfeito.

Outra coisa q não gostei foi a animação do Deus, ficou melhor em relação ao ova, mas ainda não foi bom.

Agora no demais, eu estou adorando.
Uma das coisas q mais me irrita em animes é quando eles modificam a história do manga.
E isso não está acontecendo, pelo contrário eles estão colocando cada cena q o manga tinha no anime.

Sim. Eu sei que algumas expressões foram modificadas, mas cara isso é o de menos, não é?

Tantos animes nos últimos anos foram destruídos por não seguirem o manga, foram modificados e entupidos de fillers.

Tem q agradecer por Mirai estar seguindo o manga, e mais do q isso com uma ótima adaptação.

Minha nota é 9/10 após ter assistido 2 episódios.

Anônimo disse...

Não sabem do que falam. Só sabem reclamar.

ANIMES E MANGAS COMO ESTE NÃO SÃO CRIADOS TODOS OS DIAS!!!

Anônimo disse...

Puta que pario, li mirai nikki e é ótimo, mangás assim que deixam os fãs malucos, igual o death note, que é uns dos melhores que já vi tbm, enlouquece nossas cabeças, suspence total.....
Mirai Nikki é fantastico, e agora que saiu em anime, vai ser bommm demais assistir..

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.