terça-feira, 8 de novembro de 2011

Mai Waifu/Husbando: Girls Just Want To Have Fun



Hoje nos vamos brincar. Brincar de faz de conta. Sabe aquele seu personagem favorito, que você ama de paixão ou simplesmente acha atraente? Já imaginou se você pudesse interagir com ele? Então, infelizmente não estamos no universo fantasioso de Vídeo Girl Ai, onde um personagem dos seus sonhos irá sair do monitor e preencher todas as suas fantasias. Sabemos que não há limites para a imaginação, e isso é universal – Mas no mundo dos otakus, weeaboos, trolls, simpatizantes, iniciados e enrustidos que respiram quase que diariamente algo da cultura pop japonesa, esse fenômeno vai um pouco além. Certamente vocês já ouviram sobre o otaku japonês que se casou com sua personagem de anime oficialmente no Japão (vou supor que sim), e que hoje no maravilhoso mundo da na interwebs, qualquer um que já cruzou a tênue linha do prazer, para a obsessão, pode seguir os mesmos passos.

 Por isso, quando eu recebi o convite para escrever a sequela de um post sobre waifus, do blog Subete Animes [Cinco Personagens [Waifus] Para Casar], eu fiquei empolgada, mesmo estando um pouco por fora do assunto (imagine que, não faz muito tempo que eu vim a descobrir o que é waifu – obviamente por causa da convivência maior que estou tendo com o pessoal mais entendido no assunto). O termo “Mai Waifu” que se popularizou rapidamente na interwebs, é uma versão para "My Wife" ou em bom português, “Minha Esposa/Minha Mulher”. Termo esse geralmente usado para um personagem de anime do sexo feminino, ao qual você nutre alguma admiração ou carinho. O interessante é o uso do termo tanto entre otakus hardcores, que levam a fantasia a sério e preferem o 2D ao 3D (The World God Only Knows é o tipo de série que foca bastante no assunto, de uma forma bem interessante e até certo ponto, questionadora), comemorando o aniversário da mesma e outras datas festivas com a imagem da personagem no monitor, quanto também por outras pessoas que não levam isso a sério e querem apenas se divertir. Tanto que o "Mai Waifu" não se restringe a personagens de animes, como um todo, valendo inclusive para celebridades.


O engraçado, é que apurando a origem do termo [Mai Waifu], descobre-se, que assim como todo “meme” ou fenômeno da internet, “Mai Waifu” também nasceu por acaso e de forma peculiar. Pesquisas apontam como tendo origem em uma frase do anime Azumanga Daioh, quando o Sr. Kimura, deixou cair uma fotografia com uma mulher misteriosa ao seu lado. Questionado pelos alunos sobre a pessoa na foto, ele responde simplesmente que: "Mai Waifu" – Mas sua palavra foi posta em dúvida, uma vez que ele não era suficientemente atraente para ter um relacionando, isso na visão das pestinhas, o que as levou a conclusão que ele estava mentindo desavergonhadamente. O Sr. Kimura é um lolicon, que tem uma obsessão além do normal para com garotinhas ainda cheirando a leite. 


Garotas também tem seu waifu?

Eu não teria essas dúvidas se eu frequentasse mais os fóruns especializados ou fizesse visitinhas soturnas no 4chan/2chan, não é mesmo? Mas eu não estou só, assim como eu, há outras tantas garotas que curtem seus atraentes e promíscuos bishounens, sem ao menos terem parado para pensar sobre o assunto, ficou claro isso depois de uma breve conversa sincera com a querida amiga @Natthchan. Um recente artigo do blogueiro @Qwerty [E As Mulheres QueremSer Hardcore...] tem uma ligação direta com o assunto tratado aqui, afinal, a indústria finalmente começou a olhar de uma forma mais atenciosa para o publico feminino, tendo em vista (obvio) os lucros que poderão obter oferecendo o que nós queremos. Claro que as garotas sempre estiveram ai, com suas “fantasias” e seus delírios de fangirl, o que pode chegar a assustar alguns homens, é o fato de que agora, devido a crescente demanda, o lado hardcore não tem se limitado mais as conversas particulares. A verdade, é que para mulheres, a exposição é bem complicada do que para o homem, vivemos em uma sociedade arraigada em valores ainda anacrônicos. Obviamente, com a exposição, a tendência é que outras sigam pelo mesmo caminho, e falando exclusivamente do cenário japonês, não vejo a média feminina chegando aos níveis da obsessiva compulsão do otaku.

As próprias garotas fujoshis, são o exemplo de que mulheres sempre tiveram seu lado hardcore, porém, sempre a sua maneira. E não por acaso, a raiz desse aparente “fenômeno”, são as próprias fujoshis. Obviamente, toda garota já sai da fabrica da mamãe com o gene “fangirling” presente no sangue, migrando logo em seguida para vários conceitos. A forma como meninos e meninas absorvem o mesmo tema, são diferentes e talvez por isso, seja bem incomum ver garotas citando “Mai Waifu” por ai e duvido que se torne algo padrão (mesmo que já tendo presenciado). Mais incomum ainda são garotas pronunciando "Husbando", que seria o termo oposto a "Waifu", que é uma forma como nós nos referiamos ao nosso "objeto" de afeição, no caso, personagens masculinos (OH, essa é realmente nova pra mim, agradescimentos ao @Qwerty pelo esclarecimento) E já que estamos falando pela ótica ocidental da coisa toda, mesmo sendo comum o termo entre os garotos fãs de “animangá”, é raro ver casos obsessivos, normalmente é sempre levado num tom de brincadeira e por que não talvez mais a sério [Fapar ou não fapar, eis a questão]? Mas claro, mesmo ainda não podendo se constatar como um comportamento padrão, não é difícil ver casos de extrema obsessão, eu mesma tive um amigo com o perfil do otaku japonês. 

O queridinho de 8/10 garotas - Orihara Izaya 

No fim das contas, é “elas por elas” – Independente de você, nobre garota, se referir ao seu xodó como “Mai Waifu”, ou "Husbando", ele continuará sendo muito querido por nós. Claro, é um personagem, nós temos consciência disso, mas assim como suspiramos após ler um belo romance, também surtamos com as atitudes do belo personagem desenhado.

Um fato feminino sobre o assunto em questão: *tendo um ataque cardíaco de fangirlsmo ;D* DKLSAJKDFHDSKFHDSKFSFHSDFHDSKFHDSJHFSDHFKJSDHFJSDHFJSDHFJSDHDKASOEIOWRIFOCDKSOFSKDLFDSF *respira fundo* >>>> *volta a vida* - Fora os “Kya” e variantes, que devem deixar os garotos estupefatos e com o sentimento “WTF” no peito. 


Falando sobre eles

Posição 01: O CONQUISTADOR ROMÂNTICO

Nome: Usui Takumi
Série: Kaichou wa Mad-Sama
Idade: 17 anos
Altura: 1,86
Dublador: Nobuhiko Okamoto (Niizuma Eiji, do anime Bakuman)


Usui Takumi é típico personagem que você encontra em qualquer shoujo genérico (como por exemplo, naquele que possui todas as características principais de Kaichou wa Maid-Sama que às vezes até parece ter sido vítima de plágio: Special A), mas ao mesmo tempo, ele é diferente de todos que você já viu. E é instintivo isso, apesar de todas as características clichês inerentes ao gênero, que se sustenta à marcante personalidade do personagem. A autora, Hiro Fujiwara, como mulher que é, conhece bem a imagem do padrão de “homem perfeito”, que habita a mente de grande parte das mulheres – E teve o mérito de deixá-lo convincente, dentro da proposta fantasiosa que é a série. Afinal, apesar de sabermos que o Usui é um personagem perfeito demais para existir na realidade, dentro da premissa apresentada ele consegue ser incrivelmente crível.

Usui sempre aparece na hora certa, entende e é paciente com a Misaki. Suas atitudes são sempre inesperadas e surpreendem, além de que, mesmo com todo seu bom humor, é sarcástico e seco. Dizem que homens bonitos, só o são até o momento que abrem a boca – Poderia dizer esse é o motivo de Usui ser tão calado e mais observador, porem ele é inteligente e se dá bem em tudo que investe. Posso também citar o fato de que ele não se rebaixa e mesmo sendo tão carinhoso, consegue se impor perante a Misaki, o que os deixa em situação de igualdade – já que ela também é tipicamente altiva. Ele sempre tem o que dizer e seu “sex appeal” é impressionante, deixando a Misaki completamente atraída, por mais que ela se revolte. J - Porém, ele sempre é um cavalheiro, não ultrapassando o limite, mostrando a sua amada que a respeita acima de tudo. Isso é importante.

É pra infartar, MEEEEEEESMO!!! Morro toda olhando cenas assim.

Se ele fosse real: Atencioso, te faria subir pelas paredes com sua pegada hardcore. Seria aquele alguém que te faz sorrir e sempre te dará a mão na rua. Com ele, você se sentiria protegida, por mais independente que seja. Ou seja, perfeito (logo, sonho de consumo).

Posição 02: O EX-MILITAR DE BELOS OLHOS E SORRISO ENCANTADOR

Nome: Hugh Anthony Disward
Série: Dantalian no Shoka
Idade: 19/21 anos (suposição)
Altura: 1.85
Dublador: Daisuke Ono (precisa de referência?)

Huey não é tão ovacionado por dois motivos, primeiro que Dantalian no Shoka foi uma série que não fez tanto sucesso e segundo que o apelo do mesmo para com as otakas, não foi muito relevante. Mas ele tem a seu favor o fato de ser dublado por Daisuke Ono, que tem uma voz enlouquecedora!!! Daisuke Ono é conhecido como um dos dubladores japoneses mais queridos das otakas e não por acaso, já que o próprio já deu vida a incontáveis personagens maravilhosos, como Battler Ushiromiya (Umineko) e Sebastian (Kuroshitsuji). Huey tem alguns elementos que encantariam as mais diversas mulheres – Me pergunto qual otakinha que assistiu Dantalian no Shoka, não quis um Huey pra chamar de seu? Hã? Além de ser bonito, ter os traços de um homem mais maduro que encanta qualquer garota abaixo dos seus 18/19 anos e uma maturidade aparente, ele ainda é cortês. Sua personalidade calma e a capacidade de levar até as mais fortes das intempéries feminina na esportiva faz com que ele toque facilmente a alma das otakinhas de plantão.


Se ele fosse real: Te faria surpresas românticas, como te acordar fazendo caricias e roçar um lindo botão de rosa no seu nariz. Por ele valeria a penar suspirar. 

Posição 03: O MULHERENGO CONQUISTADOR

Nome: Akio Ohtori
Série: Shoujo Kakumei Utena
Idade: 22/25 anos (suposição)
Altura: 1.90 (suposição)
Dublador: Juurouta Kusogi (Krauss Ushiromiya, em Umineko)


Por que escolher justamente esse? As garotas normalmente são muito mais apegadas ao seu "Husbando" e não importa o tempo, continuam devotando um carinho especial para com aquele personagem. Akio está longe de ser um dos meus preferidos, mas ele tem o dom de ser encantador e saber usar o seu charme como ninguém.

Sedutor e cavalheiro, Akio é o maior conquistador da série. Faz o perfil “homem mais velho e maduro”, que todas gostam. É moreno, alto, sensual, você quer mais o que? Infelizmente, é tipo: “bonitinho, mas ordinário”. Nos garotas temos o dom de cair na lábia dos piores cafajestes que existem por ai e nem mesmo a garota símbolo de esperteza conseguiu fugir dessa sina: Utena Tenjou. Mas natural, já que ele tocou no ponto mais frágil que há em uma garota. Mas já que ele é um desenho, que mal há em admirar, não é mesmo?

Se ele fosse real: Iria brincar com seus sentimentos e usar todas as armas pra te conquistar. Depois você diria: “Você não vale nada mais eu gosto de você”.

Posição 04: MEU NAMORADO SÓ PENSA NAQUILO

Nome: Kyo Usui
Série: Black Bird
Idade: 21 (suposição)
Altura: 1.83
Dublador: Takehito Koyasu (no CD Drama)

Em Black Bird, temos o personagem masculino principal que é um verdadeiro catalizador de situações que deixam qualquer uma com o sorriso frouxo nos lábios. Afinal, por mais que alguns garotos não façam ideia, assuntos picantes fazem parte do cardápio de conversas femininas e Black Bird é um prato a ser degustado com o que diz respeito a isso. Kyo, apesar de sua origem fantasiosa,  é um personagem até bem verossímil e longe de ser perfeito como o Usui, de Kaichou.

Ciumento, pervertido e bem malicioso, mesmo amando Misao, não faz declarações de amor diretamente e costuma ser bem duro com a garota. Qual de vocês nunca namorou ou se apaixonou por um ser assim? Pobre da Misao, pois ele a envolve de uma forma que é difícil sair fora. As inseguranças que Misao sente ao lado dele e o fato de não ter plena confiança em se entregar ao namorado, é uma metalinguagem sensacional com o que diz respeito aos sentimentos que garota mais nova sentiria perante seu namorado mais experiente.


Se ele fosse real: Protetor, SUPER NAMORADO. NSISTENTE (as garotas sabem do que estou falando). ME LEVA PRA VOAAAAAAR NO SEU CÉU, KYO!!!

Posição 05: O TIPO FISICAMENTE PERFEITO

Nome: Barnaby Brooks Jr.
Série: Tiger & Bunny
Idade: 22/23 (suposição)
Altura: 1.85 (suposição)
Dublador: Masakazu Morita (Sengoku Basara, personagem Maeda Keiji)

De Tiger & Bunny, eu gosto muito mais do simpático Kotetsu, ao invés do atraente Barnaby e sua personalidade arrogante. Mas é difícil olhar para Kotetsu como “sexy simbol” ou “príncipe encantado” [A figura cômica,paternal e social de Kotetsu T. Kaburagi]. Já Barnaby consegue habitar o imaginário feminino de uma forma peculiar – O fato dele ter todo um recato cria um ar de mistério que chega a ser muito encantador. O melhor de todo esse fascínio, é o fato dele só existir em nossa imaginação, uma vez que um homem do tipo na realidade, seria bem mais complicado de se lidar.

Já pode começar shippar ele com o Kotetsu?

Se ele fosse real: Metrossexual e com traços afeminados, a disputa para ser a figura mais bonita do casal seria acirrada, mas qual a mulher que não se encanta com um homem cheiroso e que sabe se cuidar? Esperar atenção de um Barnaby é seria se iludir e particularmente, não me sentiria bem ao lado de um homem que se depila mais com mais do que eu. Ele é desses.

Comentários gerais. 

Claro, a minha centralização sobre “Homens VS Mulheres = Nível Hardcore” e todas as peculiaridades não coube aqui nesse texto e nem era essa a intenção. E certamente foi bem interessante fazer um post sobre waifus, sob uma visão feminina. Acredito que a forma que eu vejo isso tudo, seja o padrão do ponto de vista das outras garotas no geral – Inclusive as fujoshis. A diferença como homens e mulheres veem os waifus, ao menos aqui no ocidente, não é tão gritante assim, destoando mais na forma como cada um expressa tal sentimento. Talvez, para garotos seja mais vergonhoso confessar toda sua “paixão” por determinada personagem, por conceitos pré-moldados da sociedade. Já do lado de cá, tal ato é recebido com naturalidade, afinal, “coisas de garotas”. Mas admirar e se “apaixonar” por personagens é universal e não é por ele ser 2D, que torna tal ato, bizarro. Apesar de achar desnecessária a utilização do termo, sempre terei meus waifus.

Agradeço a linda @Natthchan e a fofa da @RizyRizy, que com algumas palavras reafirmaram o que eu pensava e meu deram segurança pra escrever em paz. E também o fofo do @TrucyX, que fez uns comentários interessantes sob o ponto de vista masculino que leva todo esse conceito de waifu, naesportiva .
[E não deixem de conferir a parte original do post, lá no Subete Animes: Cinco Personagens [Waifus] Para Casar]


40 comentários :

junior disse...

esse e um post que eu não posso comentar

Carlírio Neto disse...

Saudações


Esta iniciativa de postagem em conjunto me lembrou os tempos (ano de 2008) em que fiz duas matérias especiais com outros dois blogs, o [Subete Animes] e o [The Key of the Broken Hearts].

Esta postagem ficou a sua cara, Roberta (mesmo não lhe conhecendo pessoalmente). Achei-a muito bem feita e bacana. E devo lhe agradecer por citar a minha review de [Azumanga Daioh] (indiretamente, pude contribuir pela iniciativa sem saber que o faria).

Meus sinceros parabéns, Roberta.




Até mais!

julio pq disse...

esse e um post que eu não posso comentar [2]

mas é sempre bom estar por dentro do universo feminino. Só posso dizer que foram bons comentários kkkkkkk mais do que isso você deixa em uma situação complicada

Panino Manino disse...

Ok, vim para a caixinha de comentários direto pelo "Page Down".
Não quero ver nem de relance a tal lista.

Alguns podem pensar que seria bom ler a lista com cuidado para compreender melhor do que você gosta e te atrai e usar isso como referência, mas eu não...

Primeiro que não me interessa saber disso. Sabe como é, "coisas de homem". Prefiro ver todas vocês como seres puros até "o último minuto", então "me dói" ler algo assim.
E segundo e mais importante: a maior referência sou eu mesmo. Se inspirar em outro ou tentar emular um comportamento específico para ser melhor notado pela mulher desejada é baixo e imbecil, imoral. Você não tem que ser de um jeito que ela se interesse e note, você tem que ser interessante e se fazer notar.

Fica a dica de cavalheiro para todos os bobões que passarem por aqui.

E que fique claro, é igual naquele filme - que não assisti- "eu não estou assim tão afim de você" Beta, apesar do que eu escrevi aqui. Só comentando que assim como cada um dos personagens da sua lista é único ao seu modo, por diferentes motivos, você também é única. Só você é a Beta Blood, uma menina interessante que lê muita putaria em quadrinho, parece se deliciar com coisas que eu tenho até medo em folhear. Tomei um susto quando fui olhar o Tokyo Akazukin que você comentou, e é isso que é legal, é isso que me excita em você.
Se esse mundo tivesse menos fujoshis que só pensam em yaoi, os otakus - e não somente eles - seriam mais felizes.

Já tá na minha hora, "Ciao, I Have to Go Now".

Sarah disse...

DEIXA EU CONTAR UMA HISTÓRIA:
Era uma vez uma garota que não gostava muito de shoujo de romance porque parecia que a maioria das histórias eram criadas pros protagonistas masculinos, feitos apenas pras garotas babarem por eles. ~FIM~
A garota sou eu, claro. E tenho certeza que outras garotas se sentem assim.

Os garotos citados fazem muito o tipo "príncipe". E quem prefere outros tipos? ):
Eu, que adoro personagens psicopatas e/ou que gostam ver (e fazer) o circo pegar fogo, senti falta de um Izaya da vida na lista. ): Ou vai dizer que você não ama quando o mundo tá acabando - por causa de tal personagem - e ele tá curtindo o sofrimento de todo mundo com um sorriso na cara? XD Não resisto a personagens assim.
Maaas talvez você tenha feito propositalmente uma lista mais "galã do horário nobre" (OI?), então...

Mas do meu ponto de vista, o menos "meh" é o de Utena, que parece ser bem cara-de-pau (não sei, porque sou herege e ainda não vi o anime).
E O BONNY-CHAN, CLARO! Ele é lindo e perfeito e, mesmo sendo chato (no início), não tem como não amá-lo. s2s2s2s2
"Esperar atenção de um Barnaby seria se iludir e particularmente, não me sentiria bem ao lado de um homem que se depila mais com mais do que eu. Ele é desses." O BONNY GOSTA DE INCENSOS, CARA. ELE ENTENDE DE DESIGN DE INTERIORES. IMAGINA COMO DEVE SER MORAR COM ELE. Especialmente o pobre do Kotetsu, simples e velha-guarda do jeito ele é. Imagina quando eles forem morar jun- OPA, VOU PARAR POR AQUI.

Mas e você, dona Beta, quem seriam sua waifu e seu husbando, se você tivesse que escolher? 8D

Rei Ayanami disse...

Sempre nutri admiração por personagens, de ambos os sexos, mas nunca parei pra pensar dessa forma. Os que mais me interessaram nessa lista foi o de sunguinha e o negro, eles possuem algo de diferente que eu consegui pescar só lendo (não assisti nenhum desses animes listados)e eu gosto de personagens provocantes, mau carater mesmo. Izaya é um bom exemplo do tipo de personagem que eu fico babando em cima eu me realizo ao ver fazer e dizer coisas que eu não posso aqui na vida real então eu nem fico pensando na questão do carater.

Power Otaku ^_^x disse...

[2] No Panino o_Ox

Natália Fontanna disse...

Adoreeei o post Beta \º/\º/
Usui *----* Ele é tão lindoo eu me apaixonei por ele depois que comecei a ler o mangá *-----* ASKOPKSAOPKSAPO',

preciso ver o anime ainda, Kaichou é um romance bem leve e divertido

Roberta Caroline disse...

@Carlírio
Muito obrigado. Eu cheguei a ler alguns desses posts de vocês, tomara que isso possa se repetir mais vezes pro aqui =)

@Sarah
AAH, Sarinha, não faça perguntas complicadas huehuehue
Realmente, eu segui uma linha mais idealizada, sabe? Também gosto dos outros tipos, apesar que não vou mesmo com a cara do Izaya por achar ele razões mais pessoais do que qualquer coisa. Dessa outra linha, o único ai mesmo que destoa dos outros é o Akio. Mas bem, não posso evitar já que apesar dos meus gostos, tenho uma veia extremamente romantica e sonhadora, então quando você me perguntada qual seria meu husbando, a resposta automática é Usui XDDD

Talvez se eu fizesse um top 10, seria bem mais justo e ainda assim ficaria muitos queridinhos de fora :D

Quanto a waifu, aah...complicado. Eu ficaria dividida entre uma Utena Tenjou, Saber...é nessa linha. Gosto de personagens femininas assim, com esse perfil mais pro lado tomboy, mais ativas.

ps: Sem contar minha paixão platônica por personagens andrógenos

natthchan disse...

Obrigada Beta-chan, sua linda, até colocou meu Twitter no tópico para poder aumentar o meu numero de seguidores -NNNN

Mas eu só queria dizer que, gente... cada um com seus gostos oõ... ela fez uma lista consideravelmente geral... até por que eu já vi muita gente surtando por esses personagens listados, mas não quer dizer que só existam eles no mundo... a lista claro está Prince-Like, mas A grande maioria das garotas gostam assim o.o...

Amo os dois Usuis, mas não sou tão Fangirl do Huey... e eu Shipo mais o Bunny com o Tiger do que comigo mesma xDDDDDDD~ (Ah... Vc não podia ter escolhido foto mais GAY pro Bunny né Beta!... quando eu assisti esse episódio eu tive crise de riso por uns 10 minutos xD) E amo o Izaya e o Shizuo que não apareceram na lista, mas não vejo problema nisso...

Eu acho que vc esctreveu muito bem Beta-chan, e fiquei feliz com o resultado ^^

=**

Anônimo disse...

Panino Manina:Você é muito chato,nojento,se acha crítico de tudo...Vou te dar um monóculo pra completar esse teu perfil de crítico idiota.
Ta falando mal de fujoshi porque? Não vejo nada de errado em mulheres gostarem/admirarem uma relação homossexual,assim como quem gosta de Yuri.
Beta-chan:Perfeito seu post <3

Panino Manino disse...

Tá legal, você me dá o monóculo (vou ficar muito chique! Nem vou mais cortar meu cabelo, deixar crescer mais para fazer rabinho de cavalo e ficar mais chique ainda!) que eu te empresto meu óculo de míope para você poder ler melhor o que eu escrevo tá?

"Falando mal de fujoshi?" Sai do armário Anônimo!

Pelo menos eu não escondo minha identidade antes de "falar" mal de algo, né?

Anônimo disse...

Quanto a se apaixonar pela idéia e fazer dela um referencial e não a única(e inatingível) meta para os relacionamentos amorosos é até válido de certa forma.
Entendendo aqui também que a soma destes atributos formam uns estereótipos e a proposta a qual me apeguei aqui foi a reflexão e não forçar o leitor a cópia de determinada personalidade e muito menos a de induzir a "desorientação sexual",ainda mais porque o texto trata de 'Mai Waifu' e "Husbando".
Quanto ao post os desconheço(os personagens e os animes),mas reconheço a forma como você os contextualizou e os definiu.Muito bem Roberta!

Mary Vanucchi disse...

HUEEEEEEYYYY <3 <3 <3
E Usui e Bunny ainda, OH GOSH. :33

Mas falando do Bunny, é o tipo do cara que só serve numa vitrine mesmo. É o tipo que não escolho para classificar de husbando, não.

Mas enfim, em Twitter e afins costumo brincar que tenho apenas três husbandos: Huey, Hei (Darker Than Black) e recentemente o Arata de Chihayafuru. (Ia incluir o Kiba de Wolf's Rain também, mas prefiro mantê-lo na categoria "lobo de guarda". Por enquanto. xD) Os dois primeiros ainda se encaixam na categoria de adulto protetor (embora o Huey notavelmente seja bem mais atencioso porém menos sexy e intrigante), mas o Arata surpreende a eu mesma por estar aí. Acho que gostei do tom mais decidido e maduro dele, mas já que conheço há pouco (personagem pouco conhecido já husbando, como assim??), ainda não posso dizer muito. É a primeira experiência em risco de dar em divórcio... xD

É, falando desse jeito eu pareço bem hardcore... LOL

E então era sobre isso que você e a dona Natt estavam conversando, é? xD

Kico7 disse...

Brigas aqui, facas ali, a coisa tá quente!
Acho melhor vocês se lembrarem que essa discussão não tem relação nenhuma com o assunto tratado.

Acho legal a sinceridade sua ao escrever algo assim, ainda estamos em tempos em que não nos sentimos livres para dizer coisas como isso. Entre os brasileiros "normais", "waifu" é um conceito pouco conhecido, mas se fosse, creio que seria motivo para gozação. Pelas conversas que tive no forum Minna Suki, achei até bastante gente falando sobre o assunto com alegria no coração, no fim até eu me "casei" (...). Enfim, não sabia muito do lado feminino da coisa, afinal, não conheci nenhuma hardcore até hoje, e achei bem "didático" este post por isso!

Mary Vanucchi disse...

Ah, antes que eu esqueça: ótimo post, e obrigada por mencionar meu artigo ^^

E sim, já que são husbandos 2D eu não substituo um por outro. =P

Panino Manino disse...

Não vamos nos esquecer que a própria Beta é a Waifu desejada de um fulano aí.

Anônimo disse...

"Se esse mundo tivesse menos fujoshis que só pensam em yaoi, os otakus - e não somente eles - seriam mais felizes." Então você acha que o mundo seria melhor se as mulheres que apreciam Yaoi fossem menos numerosas? Você é cheio de colocar defeito em tudo,nos teus posts do subete animes 90% das postagens são sobre críticas e falar mal.To em anônimo porque não tenho perfil na blogosfera.No fundo você deve ser uma bicha má que tem medo de liberar a mona e fica cheio de sacarose anal.

King disse...

Quando os argumentos acabam, as ofensas começam.

Panino Manino disse...

"Se esse mundo tivesse menos fujoshis que só pensam em yaoi, os otakus - e não somente eles - seriam mais felizes."

Minha opinião ué?
E acho que faz sentido, veja porquê. (IMO)

Sexo: não para ser só uma exibição digna de prêmio da indústria porno, é para ser DIVERTIDO também. (IMO)

Agora pensa, qual a ideia de diversão de uma fã de Yaio, que vamos frizar, significa relacionamento homossexual masculino.
Pense em você se atracando na cama com uma mulher assim... você pode não ter imaginação para tal, mas ela tem e você não vai gostar de descobrir as ideias dela na hora. (IMO)

Pode até ser engraçado, mas para a maioria das pessoas vai ser só engraçadinho na primeira vez e um tormento constante. "O que será que ela está pensando em fazer comigo?". (IMO)

Por isso que eu digo que é bom elas até se interessarem por isso, mas não serem tão "hardcores". Elas podem ser, mas eu prefiro que "as minhas" não sejam. Serem fanáticas por isso é também não é saudável como toda forma de extremismo, não? (IMO)

Isso tudo eu pensei depois de ver uma fanart de Lucky Star. Que diria não?


E cara, tudo bem você discordar de mim, eu discordo de você, mas se lembre, você pode até concordar, mas decretar que eu sou errado, isso e aquilo mais e que você é o certo por eu supostamente estar fazendo o que você está fazendo...? Menos. (IMO)

junior disse...

"Se esse mundo tivesse menos fujoshis que só pensam em yaoi, os otakus - e não somente eles - seriam mais felizes."

concordo

Iara disse...

Sou yaoista com orgulho! Mulheres puras? EURI! Cara seculo vimte um isso não existe... Toda menina tem o MINIMO de malicia na cabeça, continue se enganando, não ser santa não me faz puta! E eu adoro YAOI, AMO muito, você acha que o mundo seria melhor sem fujoshis por medo de um fio terra XD.
Credo, cara! Nós não somos tão maniacas assim! XD
Eu nunca teri coragem de 'testar' uma coisa dessas assim do nada O.o
Só os otakus homens ficariam mais felizes né? Homens se masturbam desde os doze anos e as mulheres que se sentem felizes vendo um relacionamento são as erradas? Dá um tempo!

Sobre o post

LINDOS-DE-MORRER!

trucyx disse...

Não li toda a discussão aqui nos comentários mas discordo do Panina. É como se homens que curtem todo tipo de material pornográfico não fossem interessante para as mulheres, puro, e não me venha com essa de que homem não deve ser "puro ou não" na visão delas.

Sei lá, se coloque no lugar delas, elas teriam esse seu mesmo pensamento "nossa, o que será que este otaku hardcore está pensando de min hoje? será que ele vai querer lamber meu sovaco (bem tipico em real porn jp)? será que ele vai comprar um monstro cheio de tentáculos e enfiar em min?" Nunca deixando de lado o fator Yuri, a beta e outras meninas por ai gostam do material mas pelo que sei nem todas tem esse negócio de "gostar de ver outa mulher se pegando" pode ser meio que "não quero admitir" mas quantas vezes você já não ouviu da boca de uma mulher o "ai credo" quando se fala em lésbico?

E mais, acho que tem uma diferença muito grande da pessoa que vê material Yaoi da pessoa que tem relacionamento hétero em casa, da mesma forma da pessoa que assisti algo mais hardcore. Nem sempre se leva o que assisti em casa para a cama (real, com o sexo oposto). Só pegar os lolicons, eles podem amar as lolis e aqueles vídeos de loirinhas teens perdendo a virgindade aos 18 aninhos, mas em vida isso é diferente. Imagine eu que sou hetero e gosto sim de mulher, e apenas elas, mas assisto um futanari tranquilamente em casa, e não falo de porn trans e sim hentai.

E pense que estou falando isso mas em exceção. Claro que quem é gay vai assistir porn gay quer fazer o mesmo na pratica, mas que não é, melhor, quem gosta desses Yaoi na vida, acredito que nem sempre querem fazer dedada no seu parceiro por que gostou daquilo naquele porn/mangá que viu.

E sem aquela puta viagem sua em relação ao QB de "pensamentos reprendidos"

"Se esse mundo tivesse menos fujoshis que só pensam em yaoi, os otakus - e não somente eles - seriam mais felizes."

Ahhh com isso eu concordo. E quero muudar sua frase "menos Fujoshis e mais mulheres que gostam de Yuri". E engraçado que é meio contraditório da minha parte. Se por um momento eu falei que algo que se assisti não influencia no outro lado, aqui acho extremamente exitante (não queria usar está palavra, mas ok, só não entenda como ereção) o fato de uma mulher apreciar o amor puro entre outras duas mulheres em um mangá/hentai/anime.

Novamente, não quero, nem vou, usar a palavra, mas acho admirável quando encontro reviews como este http://konoaisetsu.blogspot.com/2011/11/entre-os-melhorescandyboy.html escrito pela visão de uma mulher, no caso a própria Beta. Claro que não vou julgar ninguém, mal conheço a pessoa em questão e posso estar equivocado, mas o que quero dizer é que nós, ao menos a maioria dos homens que converso, tem sim essa admiração por mulheres que gostam de material do tipo.

PS: É, desviei o assunto e fiz um comentário no minimo confuso.

Panino Manino disse...

Eu não disse que estão erradas @Iara!
Caramba, porque vocês tem sempre que ler tudo como certo ou errado? Isso ou aquilo? Credo.

Mas veja, as mulheres não tem essa tendência com pornografia homossexual?
Falam que os homens também veem, mas é heterossexual. Se toca no assunto Yuri é provável alguém responder "esses homens pervertidos" e tal, mas Yaoi é a coisa mais linda e fofa que existe. LOL

Afinal, porque vocês mulheres gostam TANTO ASSIM de Yaoi? Sério mesmo? Nem eu acho tanta graça em Yuri.

Panino Manino disse...

@Trucyx, tu tá vendo muita putaria hardcore cara.
Como eu descrevi ali, é mais coisa da minha cabeça do que da cabeça delas, saca? Mas pela matemática, tem mais chance de acontecer algo "estranho" com uma fujoshi yaoista hardcore não? Elas adoram fazer terror com agente, não neguem.

Já da metade do que tu escreveu... ficou bipolar, não entendi mais nada.
Acho que seria bem difícil encontrar uma Fujoshi Yurista e não vejo qual seria a "vantagem" nisso, e que fique claro Fujoshis > mulheres "normais". Como disse lá encima, tem que ser engraçado, não é melhor assim?

Iara disse...

¬¬

Vocês homens não estão sendo um pouco egistas não? Só o que vocês gostam pode? O resto é uma mulher "estranha".
Faça-me o favor! Vcs assistem yuri e qual é o problema de eu gostar de Yaoi... O que não entra na cabeça de vocês é que não é só a sua opinião que conta, vocês gostam de vestidos pra vocês? Não. Mas eu uso mesmo assim.
Vocês falam pensando só no próprio enterimento, e esse panino fez um testão falando das waifus dos caras, mas nos nossos hunsbando é super estranho nós somos "puras" demais pra isso... AH, ME POUPE!

junior disse...

Não vamos nos esquecer que a própria Beta é a Waifu desejada de um fulano aí.


quem e o fulano ai?

Pedro S. Ekman disse...

Briga, onde?
Ordem nessa merda aqui, belê?

Beijos, amo vocês =*

Panino Manino disse...

Eu estou falando que são "estranhas" por isso @Lara? Aponte onde eu escrevi isso.

E essa coisa de vocês termos birra com vocês gostarem de Yaoi é exatamente igual a birra de vocês por gostarmos de Yuri.

Eu só falei que em termos de mulheres, Fujoshis > Mulheres. Onde estou criticando tanto assim? Só comentei, e isso é verdade, afinal estou falando o que eu penso, não vou mentir sobre o que eu penso/acho/prefiro, que eu "dormiria de olhos abertos" ao lado de uma yaoista hardcore. Qual o problema nisso? Eu que estou te discriminando por isso ou você que está com vergonha de assumir isso? Ein? Cumé?

E eu falo sobre as Waifus dos parceiros mesmo em todos lugar a toda hora. Com as parceiras eu não falo dos Husbandos delas, eu falo SOBRE elas. E todas elas, até mesmo você sua danadinha é pura no meu coração puro, te lambia todinha até tu derreter que nem um picolé de abacaxi.

Vinicius disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
trucyx disse...

Acho que entendo seu lado Panina, mas acho que você não deveria ter esse receio todo com essa questão de "mulheres puras". Ainda não sei o que ta acontecendo e nem o que comentar, não sei por que apareci por qui lol

Iara disse...

Eu n tinha visto o seu comment eu tinha comentado antes dele aparecer '-'/
Não sou tarada ao ponto de estuprar o meu inocente namorado desse jeito não, que tipo de pessoas você acha que as yaoistas são?o.O
Depois desse negocio ai de lamber, eu me sinto livre pra perguntar: vocês se sentem em quando são 'estimulados' nos mamilos? É uma duvida minha muito (polemica) velha, que eu n tenho coragem de perguntar pra nimguem... Eu imagino a reação da pessoa, e todas as veses que eu tento 'testar' essa teoria (apertar mamilo é diferente de... Bem... Tirar uma coisa que vocês 'protegem' tão bem.)
Jà que você já venho ai cheio de saliencia -.-
Sou tão pura que vejo lemom desde os 12, e não gosto de yuri por que é tão esquisito quanto Hentai, a menina é virgem, grita mais que porco em abatedouro e GOSTA de ser estuprada! Como assim gente? Me explica isso!
A unica coisa chata no yaoi é esse negocio de seme e uke... Esteriotiopados ao extremo! Vish! Yaoi legal é No.6!

Panino Manino disse...

Não tenho receio com "mulheres não puras", apenas tenho preferência pelas "puras".


"Seme e Uku". Me fez lembrar de Otaku no Musume-san http://1.bp.blogspot.com/-aJgkNML3-Wc/TeKmmYbvD-I/AAAAAAAAAtY/8LxJMpM2Mrg/s400/20202020.jpg

Eu também acho muito estranho essa gritaria toda das personagens, e elas ainda assim gostando no final do abuso. Acho que isso é algo cultura apenas, como visto em Lost in Translation: http://www.youtube.com/watch?v=lPQ6VQzuyxU


Já sobre sua pergunta, a resposta é sim.
Todo estímulo depende da situação. É igual quando seu cachorro fica doido e começa a te lamber. Isso não é excitante, é mais nojento. Então se uma um... bicho qualquer, começa a chupar meu mamilo, não vai me excitar mesmo. Mas uma garota, em outra situação, aí sim, vai excitar sim, como muitas outras coisas.

A questão do fio terra mesmo, pode ser bastante excitante, para quem gosta disso. Se quer e faz, é porque gosta não? Algum prazer deve dar.
O caso é que eu quero passar longe disso, então brinco com a situação, que quero passar longe dessas "loucas". Se eu falasse isso em termos de sexólogo não teria graça, nem valeria a pena escrever.

Estendendo e exemplo de forma mais simples, sexo oral, tem gente que gosta, tem gente que não gosta. Tem gente que gosta de fazer, tem gente que gosta de receber.
E todos esses casos podem variar com o local, pessoa e situação. Apertar mamilo é diferente de chupar, e qual dos dois vai ser mais efetivo... só testando mesmo.
Se tiver namorado, pergunta para ele, o único obstáculo é a vergonha e só.

trucyx disse...

Eu acho (observe o acho) que no meu caso isso não muda em nada, acho até estranho. Isso vai mais da pessoa mesmo, o correto é perguntar. Eu acho estranho e só não mais nojento que a questão do sovaco como disse ai.

Sobre esse negócio de "gostar de ser estuprada" acho que merecia um estudo legal no Otakismo http://otakismo.blogspot.com mas acho que está mais com a questão de quem assisti do que com quem recebe. Nenhuma mulher, quero acredito, gosta de ser estrupada, logo isso é mais coisa da ficção. Como japonês explora e abre bem em relação a fetiches, isso acaba sendo um tema abordado normalmente, por que há quem fica exitado com isso. Já ouviu falar que japonês faz porno de tudo que é tipo? de que é um povo bizarro? não que aqui no ocidente não tenha isso, mas lá eles simplesmente fazem, até pela questão da repreensão da sociedade.

Iara disse...

Japas são esquisitos...(os pervertidos)
Percebi que eu n falei quase nada sobre a lista... usui faz o meu tipo, não gosto de personagens gentis ao extremo ou perfeitinhos, Usui Fan forever! Eu assisti o primeiro ep de utena, não faz meu tipo por isso nem sei quem é esse cara. XP

junior disse...

roberta e as outras meninas por acaso alguma de voces acha o GUTTs Lindão(BERSERCK)

Conselheiro Incubator disse...

Olá! Desculpa se estou comentando no lugar errado, mas é que não achei seu e-mail para contato em lugar algum do blog.

Sou dono do blog Missão Incubator (missaoincubator.blogspot.com) e estou procurando novas parcerias para o meu blog. Como ainda tenho um blog novo e pequeno pode ser que de início a parceria seja desvantajosa para você, mas pretendo com o tempo diminuir essa desvantagem, embora ache que chegar ao nível dos grandes blogs nacionais de anime seja difícil.

Caso tenha interesse entre em contato com o e-mail animeincubator@gmail.com. Se não quiser sinta-se a vontade para deletar esse comentário.

Obrigado! Conselheiro Incubator

Kyohei disse...

Se a minha pessoa estivesse em um manga/anime, certamente estaria nesta lista.

O Mundo escuro de Morringhan disse...

Usui *.* !!!!!!!!! Sim, sim ele é o príncipe que mora em nossos subconscientes encarnado!

Não conhecia os termos "waifu" e "Husbando" (sou uma ignorante buá T . T). Achei interessante também sua distinção entre otakus garotos e otakus garotas. É exatamente assim mesmo. Acho difícil que o nível de obsessão de uma garota por seu personagem seja tão extremo como o de um garoto...

ana-chan disse...

Aff gente, pra que toda essa briga? É só uma lista divertida, relaxa, paz no coração =3
Adorei ver o Huey na lista, Dantalian no Shoka é um dos animes mais 'esquecidos' de 2011. E na minha opinião, é o mais 'pra casar' de todos. Paciente (até demais com a Dalian), inteligente, culto, elegante...
Teria uns 10 filhos com ele. (até porque ele tem $ de bancar todos, bwahahaha.)

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.