sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Mr. Satan - o homem por trás da Lenda

Saudações do Crítico Nippon!

Maratona finalizada! Apesar dos feitos heroicos do campeão mundial, o grande Mr. Satan, me surpreende constar que muitas pessoas, em sua ingênua leviandade, ainda o subestimam. Admito que o vídeo de como ele venceu Cell é um pouco sensacionalista, mas isso foi feito pela equipe de marketing para promover a imagem daquele que paga as contas da agência. Ele próprio se mostrou constrangido na exibição. De qualquer modo, isso é um pecadilho em meio às incontáveis manifestações milagrosas do Salvador em prol da humanidade a qual jurou proteger. Este artigo busca passar a limpo os mal entendidos e esclarecer alguns equívocos da plateia. Ao final do texto, todos estaremos vibrando o nome do Salvador do universo, tal qual as pessoas das arquibancadas.




É importante lembrar que o Torneio de Artes Marciais na série Dragon Ball sempre foi o local de grandes guerreiros. Mestre Mutenroshi, Tenshinhan e Piccolo Daimaoh foram alguns dos adversários que apareceram ao longo dos anos nessa competição. E claro, os próprios Kuririn, Yamcha e Goku. Aliás, é importante frisar o passar dos anos, esses adversários não apareceram todos em uma única edição do Torneio, mas em várias. Esse é o normal da competição. Portanto, só podemos imaginar que batalhas terríveis Mr. Satan teve que enfrentar para manter o título por tantos anos. Piccolo já havia ficado famoso mundialmente pelas suas ações malignas lá, tanto que na saga Boo, entrou com um nome diferente (Majunia). Mr. Satan ficou infinitamente mais conhecido e louvado, portanto é apenas natural supor que os adversários que enfrentou foram muito mais terríveis que aquela luta de Goku e Piccolo na final.


Aparecendo pela primeira vez na saga do Cell, sua fama mundial aumenta a expectativa do que presenciaremos nas temporadas seguintes. O autor constrói um clima crescente até finalmente vermos o campeão sendo o primeiro adversário do vilão no Torneio de Cell. Aqui temos que admitir que sua confiança extrapolou um pouco: cercado por aprendizes, Mr. Satan era rodeado de mentes (e corpos) fracas que o deixavam desatento. Tanto que na saga Boo ele está por conta própria, aprendendo com os erros, sem ter encontrado pessoa alguma capaz de absorver seus ensinamentos. Devido a cegueira e ingenuidade de andar com pupilos, Satan acabou perdendo unicamente por ser jogado fora da plataforma. Isso mesmo, Cell em sua forma perfeita não foi capaz de matar o campeão mundial. Sorte a do vilão que o Salvador joga limpo de acordo com as regras, e decidiu passar a vez ao encostar no chão.


Quebrando nada menos do que 14 telhas de 15, se olharmos atentamente para elas, veremos que sua cor e textura lembram algo muito familiar... exatamente, aquele gigantesco bloco que Goku mal conseguia carregar do metal mais duro do universo, responsável por quebrar a Espada Z. Satan partiu com o próprio punho o que a lendária arma sagrada não conseguiu.



 









Já na saga Boo, soubemos que Satan venceu Spopovich na final do torneio anterior ao da saga em questão, como comentam alguns dos participantes. Temos que lembrar de duas coisas com essa informação: 1) Spopovich era forte o bastante para estar na final de um torneio em que ano após ano só apareciam adversários exponencialmente poderosos (Roshi, Tenshin, Piccolo, Goku). 2) Ele tinha poderes monstruosos, como demonstrou contra Videl. Podia voar, lançar energia e até colocou o pescoço no lugar, vencendo a morte. Eu sei o que estão pensando “Mas Spopovich estava sendo controlado por Babidi!”. Ora, Vegeta e Dabura também, e por acaso eles aumentaram suas forças? Ganharam habilidades que não possuíam? Absolutamente não, apenas ficaram malignos. Portanto, é apenas natural supor que Spopovich possuía todas aquelas habilidades desde o início. Sendo assim, não a toa é comentado por vários personagens que Mr. Satan derrotou este terrível e imortal adversário. A fofoca já estava se tornando mito.











Em seguida, Mr. Satan tem que lutar contra o campeão do torneio juvenil, Trunks, um adversário com uma força completamente abismal. E o garoto ˜vence” o Salvador. Que obviamente colocou o rosto e se deixou ser golpeado, afinal massacrar crianças não faria jus à glória do homem que conhecemos. O próprio garoto fica surpreso de ter derrotado a força máxima da Terra e nem ele se convence de que é mais forte que Satan, tamanho absurdo. Mais tarde, Mr. Satan vence a Nº 18, mais poderosa que um SSJ normal. Isso é claro e óbvio no anime, ela até contra ataca e Mr. Satan continua de pé com energia suficiente para lançar seu Soco Milagroso Miraculoso Super Especial. E como ele mesmo explica, é uma técnica que demora alguns segundos para fazer efeito. O mesmo acontecerá contra Majin Boo no futuro. E numa série em que temos técnicas como teletransporte, troca de corpos, absorção de energia, fusão... é perfeitamente natural crer nesse golpe especial de Satan.











Teve uma outra pessoa que tentou lutar com a 18 também e, bem, eu só vou deixar aqui a imagem:

Deste modo, é importante lembrar que em um torneio que contou com a participação de absolutamente todos os guerreiros Z, quem foi campeão invicto novamente foi o Salvador do universo. O que mais precisa para provar sua superioridade? Vencer Majin Boo? Ah, meus amigos, nós já chegaremos lá.

Um dos episódios já começa com o título “Mr. Satan salva a Terra”, ou seja, é o próprio autor mostrando isso como um FATO. O narrador até introduz o episódio construindo uma atmosfera apocalíptica em que as pessoas escutam o rádio na esperança de ouvirem notícias do Salvador. É uma construção narrativa belíssima, de um verdadeiro Messias ouvindo as orações de seu povo. Neste mesmo episódio, ele adentra o território inimigo como nenhum outro guerreiro Z jamais ousou fazer. Inclusive, há uma cena de Gotenks chegando na casa de Boo e logo em seguida fugindo com o rabo entre as pernas. Não poderia ser mais evidente a bravura de Satan e plena certeza de que seus poderes são mais que suficientes. Ele implanta inúmeras armadilhas, como dinamites no banheiro, chocolates venenosos e game boys explosivos. Tudo através de sua manipulação, cordialidade e prevendo todos os passos de seu adversário. Tanto Boo quanto Satan travam uma batalha psicológica, em que perde aquele que deixar transparecer suas verdadeiras emoções. Kira e L ficariam com inveja. Mas é somente após Boo receber uma cotovelada do próprio Messias, que imediatamente começa a dizer que não matará mais ninguém e deixará a Terra em paz. Conveniente, não? Isso tudo foi uma combinação de força descomunal e dissimulação intelectual do grande Mr. Satan.


Não podemos esquecer que Boo matou todos os terráqueos, sobrando apenas aqueles com habilidades suficiente para desviarem de seu ataque. Até Tenshinhan, ausente a saga inteira, mostrou que conseguiu desviar. Dende fica vivo até o final, mas só porque estava no Templo Sagrado e Mr. Popo o protege. E, claro, o campeão mundial, sem ninguém para protegê-lo. De maneira alguma, Boo conseguiria fazer ataques desviarem de uma única pessoa tão distante, até porque vemos os raios passando pelo Salvador e errando. Por que os raios iriam passar ali tão próximos senão para tentar mata-lo? Majin Boo falha em todas as tentativas de assassinar o Messias.













Outro acontecimento revelador é quando Gohan e Piccolo sobrevoavam a Terra enquanto Boo está escondido temporariamente na luta. Eles fecham os olhos e com muito esforço sentem a presença de Dende. Pouco depois, sentem a de Mr. Satan, sem absolutamente esforço nenhum, graças ao poder de luta assombroso que emana do campeão. Imediatamente, Piccolo conta a Gohan que Satan salvou a Terra (dãã) e recruta ele aos Guerreiros Z remanescentes. Isso mesmo, Mr. Satan é colocado lado a lado a Gohan Místico e Gotenks SSJ 3 para ajudar no combate. Eles sabem o que estão fazendo.

E para os que ainda acreditam que Boo tem boas lembranças de Satan e o poupa, há mais uma cena que desmente completamente essa teoria. Quando Boo, após absorver Gotenks e estar estrangulando Gohan, ameaça matar o cachorrinho que passou tantos bons momentos quanto passou com Satan. Onde está a tal misericórdia de Boo aí? Falácia. Mas graças ao Salvador do universo, ele dispara uma série de golpes furiosos sobre o diminuto Boo, em uma das batalhas mais espetaculares da saga, e salva o animalzinho. Surpreendentemente, os ataques foram tão poderosos em sua magnitude que o vilão não conseguiu mais segurar Gohan, e o soltou. Ou seja, Mr. Satan salvou duas vidas, incluindo do filho de Goku, aquele com o nível de um Super Saiyajin 3! 





Outros momentos extremamente significados ocorrem na luta contra Gohan. Primeiro, Boo reúne energia para matar Dende, e eis que surge o milagroso campeão com seu calibre 45 e dispara contra o monstro. Simultaneamente, surge Tenshinhan com o Kiko-ho, e procuram deixar aquela dúvida de quem rebateu o ataque. Mas tem mais: poucos momentos depois (Tenshin já se encontra derrotado, Satan não, importante salientar), Boo começa a reunir energia pra destruir a Terra. Eis que surge Goku com o Kienzan, a técnica do Kuririn (!!) e, novamente, Mr. Satan dispara ao mesmo tempo e o ataque do vilão desaparece. Ambas situações de perigo e dualidade na solução. Quem rebateu o primeiro e o segundo golpe? Em primeiro lugar, vamos pensar em tudo que já vimos até agora: Piccolo admitiu com todas as letras que Satan salvou a Terra; um dos episódios começa com o título “Mr. Satan salva a Terra”; ele foi o único humano que conseguiu sobreviver; ele foi convocado pelos guerreiros Z ao campo de batalha. E mais! Por que essa decisão em fazer dois ataques com dualidade? Se quisessem mostrar os “heróis” rebatendo um golpe, mostrava e pronto, como sempre aconteceu. Mas dessa vez o autor está construndo algo além, algo cuidadoso, para prestarmos atenção e juntarmos com as inúmeras pistas anteriores. E MAIS! Desde quando Tenshinhan tem capacidade de rebater um golpe que destruiria um planeta? Ou a técnica do Kuririn?!? Isso é um completo absurdo. Portanto, nas palavras de Sherlock Holmes, se eliminarmos o impossível, seja lá o que sobrar, mesmo que improvável, deve ser a verdade. Técnicas de Tenshinhan e Kuririn rebatendo o ataque de um vilão de nível SSJ 3, impossível. Claramente foi a bala repleta de Ki do grande Mr. Satan.













Com o próprio Goku cada vez se dando mais conta do ser supremo que os acompanha, ele toma uma decisão surpreendente, embora natural, em um momento desesperador. Ele escolhe dar um dos brincos Potara, objeto extremamente sagrado, entregue a ele pelo próprio Dai Kaio-shin, para nada mais e nada menos do que Mr. Satan. Isso mesmo, ele anuncia gritando a plenos pulmões a escolha do guerreiro mais forte, que irá ficar fundido com ele pelo resto da vida. E como foi ensinado pelo próprio Goku aos garotos, só é possível fazer a fusão com ambos igualando o seu Ki. Goku vivia pedindo para Trunks baixar um pouco sua energia para igualar com a de Goten. Ou seja, meus amigos, era só Mr. Satan baixar a sua também para igualar com a de Goku, e criariam o ser mais poderoso de todos os tempos. Infelizmente, Vegeta aparece e Goku decide que é menos vergonhoso ele baixar o seu por outra pessoa, do que Mr. Satan fazer isso por ele. Os Saiyajins são mesmo orgulhosos.














E assim como Goku e Vegeta sempre apareceram em máquinas de gravidade treinando, o autor percebe a importância de mostrar o mesmo do guerreiro mais forte. Assim, os momentos em que vemos Mr. Satan treinando o físico são abundantes, mostrando que o Messias realmente deu suor e sangue para chegar ao patamar acima de todos. E há inúmeros outros exemplos que mostram os “heróis” desleixados fazendo corpo mole. Não é surpresa que tenham sido superados rapidamente.









Os maiores heróis sempre passaram pela morte ou quase, e tiveram suas energias curadas pelas sementes dos deuses ou por Dende. Todo herói encontra o momento mais baixo de sua vida em meio a sua jornada. E Mr. Satan se encaixa aí também, embora jamais tenha precisado de qualquer semente ao longo de sagas inteiras, ele levou um tiro que quase o tomou a vida. Imediatamente foi ressurgido por Boo e jamais precisou de nova assistência. Uma fênix ressurgindo das cinzas. Um verdadeiro Messias que voltou do mundo dos mortos para perdoar e salvar a humanidade.


Desenvolvendo um dos maiores arcos da fase Z, Satan passa de antagonista a um dos personagens principais, e que sem ele, o mundo estaria completamente perdido. Vemos que ele é o único pai realmente dedicado e atencioso, e é o mais fácil de nos identificarmos com tamanha doçura e humanismo. Goku é o pior de todos, abandonando a família diversas vezes, seja pra ficar no outro mundo treinando, ou fugindo de Namekusei e deixando todos pensarem que morreu quando estava em outro planeta. Não a toa seu personagem é satirizado como um pai extremamente ausente na web serie DBZ Abridged. Vegeta, bom, nem se fala. Ele mesmo diz que nunca havia abraçado Trunks. Na saga do Cell eles até lutam um contra o outro. Já Satan incentiva sua filha a ser uma grande guerreira, porém sem abandonar os estudos, fica com ela no hospital quando está ferida e espanta repórteres que querem abusar dela, abraça e dá carinho. O que o Messias tem de força bruta, ele tem de coração de ouro. 










De qualquer modo, na batalha final contra Boo, assim como ocorria com Cell, Mr. Satan estava lá. O autor jamais faria isso a toa. E não fez. Seria absolutamente impossível tudo ter dado tão certo sem a ajuda do Salvador. Goku e Vegeta lutaram e NENHUM fez algo que realmente mudou algo. Vegeta levou uma surra e Goku cansou até voltar ao normal. Continuam na merda. Quem realmente conquistou a energia de todo o universo para Genki Dama foi Mr. Satan. Goku e um cone ali parado dava na mesma. Com seu carisma e resplendor narrados neste artigo, todos só sentiram que tinham chances de vitória ao saber que o Messias estava no ringue e clamava por seus seguidores.



















Mais tarde, Goku está hesitando em lançar a energia que Mr. Satan quem reuniu, pois Vegeta se encontra caído ao lado do inimigo, sem conseguir dar espaço para o ataque final. Como um milagre personificado em um Hércules (não a toa o nome dele é este na dublagem americana, um verdadeiro semi deus), Satan carrega nada menos que o Príncipe dos Saiyajins no colo e o afasta dali, gritando (não, ordenando) que Goku atire a Genki Dama de uma vez. Exato, Satan já salvou Gohan de ser estrangulado e agora o guerreiro mais orgulhoso, dois dos mais fortes de todos. Qualquer outra criatura que ousasse pegar Vegeta no colo estaria morto há muito tempo. Não o campeão.


E assim como Vegeta tem seu momento de redenção admitindo que Kakarotto é o Número 1, o mesmo acontece com Goku para com Mr. Satan. O “herói”, antes de lançar o ataque, grita para todo mundo ouvir que Mr. Satan é o verdadeiro Salvador do universo. Assim como sabíamos que Vegeta estava certo em admitir a superioridade de seu rival, temos essa mesma certeza de que Satan há muito superou Son Goku. Vegeta diz que o melhor é -> Goku, que diz que o melhor e verdadeiro salvador é -> Satan. Ele está no topo da cadeia alimentar. Mais tarde, quando a luta termina, é Satan quem pede misericórdia ao Boo bonzinho. Se somarmos com Gohan estrangulado e Vegeta carregado no colo, esse é o terceiro ser mais poderoso do universo que é salvo graças ao Messias.  Sua lenda será contada para sempre.



Mas Satan era mais do que uma força indestrutível e inabalável, mais que um deus a ser temido, mas sim um homem nobre, de caráter e admirável em todos os aspectos. Ele erguia as crianças derrotadas do torneio, ensinando que todo mundo pode perder uma luta, e que ninguém vai bater mais forte que a vida. Satan era nada menos que um cavalheiro, treinado nas mais diversas atividades domésticas, legítimo masterchef, um príncipe. Satan criou uma filha forte, destemida, inteligente, independente, tudo isso sozinho, na base do exemplo de si mesmo. Provavelmente algo terrível ocorreu com a mãe de Videl, o grande amor da vida dele, que o impediu de arrumar uma nova esposa. Seu coração já teve dona e será para sempre dela. Mr. Satan aguenta tudo isso sozinho, sem nunca abaixar a cabeça, nunca se abater pelo coração partido e pelas adversidades. Porque ele pode aguentar. Porque ele é um guardião silencioso, um protetor vigilante, um cavaleiro da luz.




















Sempre com um sorriso nos lábios e uma serenidade que esbanja confiança, sempre trazendo alegria àqueles ao seu redor, enchendo de calor os corações do proletariado sofrido. Satan era um camarada e tirava o dinheiro de torneios capitalistas ricos, e dava às mulheres pobres que era obrigado a derrotar na final do torneio.  Um legítimo Robin Hood do nosso tempo. Satan trazia fortuna aos desafortunados. Trazia esperança aos desesperados. Satan despertava a bondade na maldade dos piores inimigos. Em suma, Mr. Satan era o homem com a sabedoria de usar a caneta ao invés da espada.

E esse, meus amigos, esse foi o homem por trás da Lenda.




















(Para mais dos meus textos, é só ir no menu "Crítico Nippon")
@PedroSEkman

crítica, reviews, resenha, análise, comentários, estudo
resenha, crítica, review Dragon Ball Z Kai, DBZ, Mr. Satan, análise, estudo de personagem

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Os comentários deste blog são moderados, então pode demorar alguns minutos até serem aprovados. Deixe seu comentário, ele é um importante feedback.